Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da atividade antimicrobiana de frações, sub-frações e compostos isolados de uma nova variedade de própolis brasileira produzida por abelhas da espécie Apis mellifera

Processo: 06/54619-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2006
Vigência (Término): 31 de agosto de 2008
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos
Pesquisador responsável:Severino Matias de Alencar
Beneficiário:Ingridy Simone Ribeiro Cabral
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/08635-6 - Isolamento e identificação de compostos bioativos de uma nova variedade de própolis brasileira produzida por abelhas da espécie Apis mellifera, AP.JP
Assunto(s):Própolis   Apis mellifica   Anti-infecciosos

Resumo

A própolis é uma substância resinosa coletada pelas abelhas Apis mellifera de diversas partes das plantas como brotos, botões florais e exudados resinosos e que apresenta na sua composição química diferentes compostos como aldeídos fenólicos, ácidos orgânicos e componentes polifenólicos. A própolis vem se destacando principalmente pelas suas várias atividades farmacológicas apresentadas, tais como atividade antimicrobiana, antiinflamatória, antioxidante, anticâncer e anti-HIV. Todavia, trabalhos de investigação sobre propriedades farmacológicas das própolis brasileiras sempre foram voltados para as própolis do sudeste, sendo deixado de lado o entendimento da composição química e ação biológica das própolis de outras regiões do Brasil. Um novo tipo de própolis nunca antes relatado no Brasil e denominada de própolis vermelha, encontrada na região de mangue do litoral do estado de Alagoas, demonstrou alta atividade antimicrobiana contra vários microrganismos patogênicos, além de ter despertado um grande interesse pelo mercado japonês, surgindo desta forma a necessidade de um estudo sobre as suas propriedades biológicas e composição química. Portanto, o objetivo deste trabalho será fracionar o EEP e isolar o(s) composto (s) de aKa atividade antimicrobiana. A identificação de novos compostos com atividades biológicas poderá propiciar o conhecimento de novos princípios ativos para uso na indústria alimentícia e farmacêutica, geração de patentes brasileiras, bem como o aumento do valor comercial deste produto. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CABRAL, Ingridy Simone Ribeiro. Isolamento e identificação de compostos com atividade antibacteriana da própolis vermelha brasileira. 2008. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.