Busca avançada
Ano de início
Entree

Indução de imunidade de mucosa pela vacina de DNA quimérica LAMP/p55 -gag associada a oligodeoxinucleotídeos CpG em neonatos murinos: influência das células dendríticas na ativação de células T CD4+ e T CD8+

Processo: 05/59676-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de abril de 2006
Vigência (Término): 30 de novembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia
Pesquisador responsável:Maria Notomi Sato
Beneficiário:Adriana Letícia Goldoni
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Células dendríticas   Imunização

Resumo

A infecção pelo vírus da imunodeficiência humana tipo 1 (HIV-1) apresenta crescente número, incluindo adolescentes e crianças, enfatizando a necessidade de estudos de estratégias vacinais profiláticas que sejam aplicadas em fase precoce de vida, que induza imunidade de mucosa e que estabeleça resposta protetora de longa duração. A vacina quimérica para o HIV-1 que codifica a proteína de 55 kDa do gene gag do HIV e a proteína associada à membrana lisossomal 1(LAMP), que direciona o tráfego da p55 aos compartimentos de classe II do MHC, aumenta a resposta CD4+, potencializando a resposta CTL e a produção de anticorpos em camundongos adultos em relação à imunização apenas com p55gag nativo (Marques ET, Dep Farmacologia e Ciências Moleculares, Universidade Johns Hopkins). Deste modo, o objetivo deste trabalho é avaliar a imunogenicidade da vacina quimérica LAMP/p55-gag na indução da resposta imune de mucosa/sistêmica em camundongos neonatos pela produção de anticorpos secretórios e no soro; produção de citocinas; frequência de linfócitos secretores de IFN-gama aos peptídeos do gene gag do HIV e resposta de células T CD8+ citotóxicas do baço e da mucosa gastrintestinal (GALT); caracterização fenotípica das células dendríticas do GALT assim como sua influência na ativação de células T CD4+ e T CD8+. A influência do adjuvante oligodeoxinucleotídeo CpG A na indução da imunidade de mucosa também será avaliada. A resposta de memória imunológica será avaliada após oito meses da vacinação neonatal. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
GOLDONI, Adriana Letícia. Estudo da imunogenicidade da vacina de DNA quimérica LAMP/gag do HIV-1 em sítios de mucosa de camundongos imunizados no período neonatal. 2009. 115 f. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Biomédicas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.