Busca avançada
Ano de início
Entree

Mecanismos envolvidos nos efeitos antihipertensivos e antihipertroficos do duplo bloqueio do sistema renina-angiotensina

Processo: 07/54104-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2007
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Cardiorenal
Pesquisador responsável:Lusiane Maria Bendhack
Beneficiário:José Wilson Do Nascimento Corrêa
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:02/00949-6 - Estudo de nitrosilos de rutênio capazes de liberar NO por fotoindução e medida de sua atividade biológica e aplicação em terapia fotodinâmica, AP.TEM
Assunto(s):Reatividade cardiovascular   Hipertensão   Bradicinina   Óxido nítrico   Angiotensina II   Sistema renina-angiotensina

Resumo

Diversos estudos relacionam a participação do sistema renina-angiotensina (SRA) na fisiopatogênia da hipertensão arterial, da hipertrofia e remodelamento cardíaco e vascular. A maioria dos efeitos biológicos da ativação do SRA deve-se às ações da angiotensína II (Ang II) sobre seus receptores AT1. A clínica dispõe de duas estratégias para o bloqueio do SRA, seja inibindo a formação da Ang II com os inibidores. da enzima conversora (iECA), que impem a formação da Ang II e potencializam as ações da bradicinina (vasodilatador); ou antagonizando as ações da Ang II com os antagonistas dos receptores AT1, que impedem a ação da Ang II sobre estes receptores, favorecendo a ativação dos receptores AT2, cujos efeitos parecem se opor àqueles da ativação dos receptores AT1. A combinação de iECA e antagonistas dos receptores AT1 poderia amplificar a eficácia do bloqueio do SRA, uma vez que os iECA isoladamente não suprimem permanentemente a produção de Ang II. De fato, tanto em humanos como em ratos, foram observados efeitos hipotensores e anti-hipertróficos adicionais após a combinação de iECA e antagonistas dos receptores AT1 da Ang II. Entretanto, os mecanismos pelos quais tais efeitos podem ser observados ainda não estão bem esclarecidos. Além disso, não está claro se tais efeitos se deveriam a uma maior redução da PA de hipertensos, ou se estariam relacionados a um bloqueio mais efetivo do SRA. Neste projeto, propomos estudar os mecanismos envolvidos nos efeitos benéficos adicionais observados com o duplo bloqueio do SRA. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.