Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de biomarcadores durante a terapia tuberculose

Processo: 07/54880-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2008
Vigência (Término): 30 de junho de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Aplicada
Pesquisador responsável:Celio Lopes Silva
Beneficiário:Rodrigo Ferracine Rodrigues
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Biomarcadores   Análise de sequência com séries de oligonucleotídeos   Vacinas de DNA   Imunoterapia   Tuberculose

Resumo

A controversa eficiência da imunização pela BCG, o aumento do número de casos de tuberculose (TB) e o aparecimento de cepas de Mycobacterium tuberculosis multi-drogas resistentes (MDR-TB) e extremamente resistentes (XDR-TB) fizeram ressurgir a busca por eficazes medidas profiláticas e terapêuticas para o seu controle. Desde 1991, o Núcleo de Pesquisas em Tuberculose da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP (NPT-FMRP) e o Instituto do Milênio REDE-TB, em parceria com a FAPESP (Projeto Temático 00/09663-2), trabalham no desenvolvimento de uma nova vacina gênica contra a TB. Os principais resultados do grupo, publicados na revista Nature em 1999 mostraram que a vacina DNA-hsp65 não só tem atividade preventiva contra a TB experimental como pode curar os casos crônicos, a doença disseminada, a TB latente e a TB-MDR. Esse produto imunoterapêutico impede, também, a reativação da doença em animais imunossuprimidos e, quando associado com a quimioterapia, ele reduz significativamente o tempo de tratamento da TB. Mais recentemente, estudamos as alterações das respostas transcripcionais causadas pela infecção com M. tuberculosis assim como aquelas decorrentes do tratamento com DNA-hsp65 no hospedeiro. Este trabalho mostrou a expressão diferenciada de vários genes, alguns nunca antes relacionados a esta patologia, assim como muitas ESTs, o que indica a necessidade de prosseguir as pesquisas que utilizam esta metodologia. O estudo das informações do genoma e transcriptoma por técnicas que permitem a análise de grandes conjuntos de elementos ao mesmo tempo, como microarrays, permitiu ao grupo o início de uma nova fase nas pesquisas em TB, pois possibilita conhecer melhor a interação patógeno-hospedeiro e conseqüentemente identificar biomarcadores que permitam tanto otimizar o desenho quanto identificar novos alvos de intervenção na patologia. Assim, tendo em conta esses resultados e a demanda urgente de novas estratégias de combate a TB, este projeto procura identificar biomarcadores que reflitam a resposta ao tratamento com DNA-hsp65 em comparação ao tratamento convencional assim como à associação de ambos os tratamentos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RODRIGUES, RODRIGO F.; ZARATE-BLADES, CARLOS R.; RIOS, WENDY M.; SOARES, LUANA S.; SOUZA, PATRICIA R. M.; BRANDAO, IZAIRA T.; MASSON, ANA P.; ARNOLDI, FREDERICO G. C.; RAMOS, SIMONE G.; LETOURNEUR, FRANCK; JACQUES, SEBASTIEN; CAGNARD, NICOLAS; CHIOCCHIA, GILLES; SILVA, CELIO L. Synergy of chemotherapy and immunotherapy revealed by a genome-scale analysis of murine tuberculosis. Journal of Antimicrobial Chemotherapy, v. 70, n. 6, p. 1774-1783, JUN 2015. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.