Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da migracao de celulas endoteliais de aorta de coelho (raec) induzida pelo oxido nitrico envolvendo a proteina rac.

Processo: 06/58015-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2007
Vigência (Término): 30 de setembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Metabolismo e Bioenergética
Pesquisador responsável:Hugo Pequeno Monteiro
Beneficiário:Roberta Eller Borges
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Adesão celular   Transdução de sinais   Óxido nítrico   Movimento celular

Resumo

Rac / Rho GTPase e a Cdc 42, que em conjunto fazem parte da sub-família Ras de GTPases de baixo peso molecular desempenham um papel fundamental durante a migração e adesão de vários tipos celulares. Essas proteínas foram caracterizadas inicialmente em estudos com a GTPase Ras envolvendo células tumorais, onde também atuam, promovendo a migração celular para outros órgãos, sendo este aspecto, muito importante para o entendimento da biologia de tumores. Rac pode ser ativada através de 2 vias de sinalização onde uma é dependente da proteína Ras e é medrada pela enzima fosfatidilinositol 3 quinase (PI3K). A outra via que pode se iniciar com as integrinas, leva a formação do complexo FAK-Src / Cas que ao ativar a quinase Crk, por sua vez estimula Rac Foi visto também que o óxido nítrico (NO), um radical livre com propriedades sinalizadoras, ativa Ras e sob estas condições, PI3K é recrutada e ativada. A ativação de PI3K pode levar esta quinase a fosforiiar outras proteínas tais como AM e as MAP quínases ERK 1/2. Assim, existem evidências experimentais da participação do radical livre NO e da GTPase Rac em processos de migração, angiogênese e adesão celular, mas a interação entre as duas espécies e as conseqüências desta interação ainda não foram investigadas. Com este projeto iremos investigar qual/quais vias de sinalização estão associadas à possível interação entre NO e a GTPase Rac. As conseqüências desta interação na migração celular também serão investigadas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)