Busca avançada
Ano de início
Entree

Comércio de escravos do sul para o sudeste, 1850-1888: economias microregionais, redes denegociantes e experiência cativa

Processo: 07/55202-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2007
Vigência (Término): 30 de setembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História do Brasil
Pesquisador responsável:Robert Wayne Andrew Slenes
Beneficiário:Rafael da Cunha Scheffer
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Escravidão   Região Sul

Resumo

Estudos sobre o impacto do comércio na escravidão em algumas localidades vêm tornando mais complexa essa questão e seus desdobramentos. Contudo, restam ainda grandes lacunas quanto à inserção de diversas regiões neste negócio e o impacto demográfico, econômico e social desse comércio. Assim, esse projeto busca responder a essas indagações quanto à região Sul do Brasil. Em pesquisa anterior analisei os negociantes envolvidos no comércio interprovincial de cativos na capital de Santa Catarina. Ampliando o foco de análise e suas questões, o presente projeto busca identificar e analisar não somente os envolvidos neste negócio no Rio Grande do Sul, Paraná e em Santa Catarina. Procura também entender melhor a economia escrava na região através do funcionamento dos mercados de cativos de cada província, seus movimentos de compra em relação às economias sub-regionais, além da sua ligação à economia cafeeira através do comércio interprovincial de escravos. Ao mesmo tempo, tem como uma de suas preocupações fundamentais a história social de comerciantes, senhores e escravos envolvidos neste negócio. As redes de sociabilidade estabelecidas por esses negociantes, sua posição na sociedade, as formas de operação deste negócio, os modos pelo qual era executado serão investigadas. Pretendo ainda entender o modo como os cativos pensavam este mercado, sua relação com a venda ou esta possibilidade, e a maneira como o comércio interprovincial de escravos afetou suas vidas. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SCHEFFER, Rafael da Cunha. Comercio de escravos do Sul para o Sudeste, 1850-1888 : economias microregionais, redes de negociantes e experiência cativa. 2012. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Filosofia e Ciências Humanas.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.