Busca avançada
Ano de início
Entree

Estrutura e funcionamento de um trecho de floresta ombrofila densa montana com bambus do nucleo santa virginia/pesm, sp.

Processo: 07/57285-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2008
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Carlos Alfredo Joly
Beneficiário:Maíra de Campos Gorgulho Padgurschi
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:03/12595-7 - Composição florística, estrutura e funcionamento da Floresta Ombrófila Densa dos Núcleos Picinguaba e Santa Virgínia do Parque Estadual da Serra do Mar, estado de São Paulo, Brasil, AP.BTA.TEM
Assunto(s):Florística   Fitossociologia   Floresta ombrófila densa   Mata Atlântica

Resumo

Composta pela Floresta Ombrófila Densa, Floresta Ombrófila Mista, Floresta Estacional Semidecidual e ecossistemas associados, a Mata Atlântica (MA) tem um elevado número de espécies endêmicas. Entretanto, devido às inúmeras pressões que resultaram em uma redução drástica de sua área de ocupação, conta atualmente com apenas 7% da cobertura original. É devido a esta alta vulnerabilidade e às espécies exclusivas que a MA é considerada um hotspot da biodiversidade. Visando a conservação deste remanescente, em 1977 foi criado o Parque Estadual da Serra do Mar (PESM) que, incorporando uma série de Reservas Estaduais já existentes, é um dos maiores remanescentes de Mata Atlântica e o maior Parque Estadual Paulista. Muitos trabalhos vêm sendo desenvolvidos nestas áreas, porém ainda faltam informações quanto à sua composição florística e estrutura fitossociológica. Assim, este estudo (vinculado ao Projeto Temático Biota Gradiente Funcional) pretende contribuir para o conhecimento de um trecho de Floresta Ombrófila Densa com bambu (espécie não definida), fazendo o levantamento da florística e estudos de sua estrutura fitossociológica utilizando para comparação outros trechos de floresta com menor ou nenhuma presença de bambus. Além disto, no âmbito do projeto Biota referido, os resultados serão utilizados na análise da similaridade das diferentes fisionomias da Floresta Ombrófila Densa Atlântica. O estudo será desenvolvido em parcelas de 1 hectare (100 subparcelas de 10X10m), sendo incluídos todos os indivíduos com diâmetro a altura do peito (DAP) = 4,8 cm e a contagem do número de colmos dos bambus com DAP = 2,5 cm. A análise comparativa entre parcelas com e sem bambus permitirá estimar a influência destes na estrutura da floresta. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GORGULHO PADGURSCHI, MAIRA DE CAMPOS; REIS, TALITA SOARES; ALVES, LUCIANA FERREIRA; VIEIRA, SIMONE APARECIDA; JOLY, CARLOS ALFREDO. Outcomes of a native bamboo on biomass and carbon stocks of a neotropical biodiversity hotspot. ACTA OECOLOGICA-INTERNATIONAL JOURNAL OF ECOLOGY, v. 111, . (12/10851-5, 07/57285-6, 03/12595-7, 12/51872-5, 12/51509-8, 08/50824-1)
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
PADGURSCHI, Maíra de Campos Gorgulho. Composição e estrutura arbórea de um trecho de Floresta Ombrófila Densa Montana com taquaras na Mata Atlântica. 2010. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Biologia Campinas, SP.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.