Busca avançada
Ano de início
Entree

Bases moleculares do efeito de estresse oxidativo na potencialidade e senescência de células tronco da pele

Processo: 06/59199-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de março de 2007
Vigência (Término): 31 de julho de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica
Pesquisador responsável:Mari Cleide Sogayar
Beneficiário:Maria Fernanda Pereira de Araújo Demonte Forni
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:01/10707-7 - Bases moleculares do controle da proliferação celular e origem de neoplasias na era de genômica e proteômica, AP.TEM
Assunto(s):Pele   Envelhecimento   Espécies de oxigênio reativas   Células-tronco   Diferenciação celular   Proteínas quinases p38 ativadas por mitógeno

Resumo

A pele é um órgão complexo formado por diversos tecidos e uma variedade de estruturas acessórias, podendo ser dividido em epiderme, derme e hipoderme. Diversos trabalhos têm mostrado a presença de células tronco na pele. As células tronco epidermais (EpiSC), que se localizam na camada basal da epiderme interfolicular, quando injetadas em blastocistos, se mostram capazes de dar origem a diversos tecidos. A papila dérmica do folículo piloso também é fonte de células tronco originadas a partir da crista neural, denominadas precursoras da pele (SKP), sendo capazes de se diferenciar em células das linhagens mesodermais e ectodermais. As células tronco têm sido relacionadas com o processo de envelhecimento, cujo principal efetor na pele é o estresse oxidativo, o qual foi implicado na ativação da via da p38 MAPK, o que resulta na ativação da transcrição do lócus INK4a/ARF, levando à ativação do programa de senescência. Este tema, a despeio de sua relevância, permanece amplamente inexplorado no modelo pele. Preenchendo essa lacuna propõe-se estudar o papel do estresse mediado por espécies reativas de oxigênio sobre a ativação da via p38 MAPK e LNK4a/ARF em duas populações de células tronco de pele humana e murina, in vitro, visando compreender como o envelhecimento atua sobre" esses parâmetros in vivo. Para análise global do efeito do estresse oxidativo sobre a expressão gênica nestas células, serão utilizados microarranjos de DNA comercialmente disponíveis. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FORNI, MARIA FERNANDA; MAIA LOBBA, ALINE RAMOS; PEREIRA FERREIRA, ALEXANDRE HAMILTON; SOGAYAR, MARI CLEIDE. Simultaneous Isolation of Three Different Stem Cell Populations from Murine Skin. PLoS One, v. 10, n. 10 OCT 13 2015. Citações Web of Science: 13.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.