Busca avançada
Ano de início
Entree

Aracnídeos (Arachnida: Araneae e Opiliones) sobre bromélias em um remanescente de Mata Atlântica no Estado do Espírito Santo: associações específicas, arquitetura das bromélias e estrutura de comunidades

Processo: 06/59410-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2007
Vigência (Término): 30 de abril de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Teórica
Pesquisador responsável:Gustavo Quevedo Romero
Beneficiário:Thiago Gonçalves Souza
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/13658-5 - Associações entre aranhas e plantas: história natural, interações multitróficas e mutualismos, AP.JP
Assunto(s):Mata Atlântica   Bromeliaceae   Aracnídeos

Resumo

Bromélias apresentam características específicas, como roseta em arquitetura tri-dimensional e capacidade de acumular água em seu fitotelmata, que permitem que diversos animais vivam associados a elas. Este trabalho tem por objetivos verificar: (1) quais espécies, gêneros, famílias e guildas de aranhas apresentam tendências mais fortes a manterem associações estreitas com Bromeliaceae, (2) se tais grupos taxonômicos e guildas apresentam "pré-adaptações" à vida nas bromélias (e.g., achatamento dorso-ventral) e se aracnídeos bromelícolas diferem dos aracnídeos não bromelícolas (de solo e de vegetação) em tamanho e outros traços morfológicos (e.g., razão comprimento-altura do cefalotórax). O estudo será realizado na Estação Biológica Santa Lúcia (Santa Teresa, ES), em "manchas de bromélias" onde já foram constatadas 69 espécies aglomeradas. Os animais serão coletados em bromélias com diferentes arquiteturas de roseta (inspeção manual), na vegetação circundante (batedores) e no solo (pitfalls), ao longo de vários transectos de 20 x 3 m. Mensurações dos animais coletados sobre estes diferentes substratos, bem como mensurações das bromélias serão tomadas para caracterização ecomorfológica das comunidades de aracnídeos bromelícolas. Estudos que avaliam como estrutura física do ambiente influencia na distribuição de artrópodes predadores ainda são muito incipientes; o presente estudo trará contribuições significativas para melhor compreensão da distribuição espacial de aracnídeos em plantas neotropicais. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GONCALVES-SOUZA, THIAGO; ALMEIDA-NETO, MARIO; ROMERO, GUSTAVO Q. Bromeliad architectural complexity and vertical distribution predict spider abundance and richness. AUSTRAL ECOLOGY, v. 36, n. 4, p. 476-484, JUN 2011. Citações Web of Science: 15.
GONCALVES-SOUZA, THIAGO; BRESCOVIT, ANTONIO D.; ROSSA-FERES, DENISE DE C.; ROMERO, GUSTAVO Q. Bromeliads as biodiversity amplifiers and habitat segregation of spider communities in a Neotropical rainforest. JOURNAL OF ARACHNOLOGY, v. 38, n. 2, p. 270-279, 2010. Citações Web of Science: 18.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.