Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da neurotoxina mptp na estrutura do miocardio de camundongos c57/bl.

Processo: 07/50524-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2007
Vigência (Término): 31 de maio de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia
Pesquisador responsável:Antonio Augusto Coppi Maciel Ribeiro
Beneficiário:Tais Harumi de Castro Sasahara
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Estereologia   Neurologia veterinária   Doença de Parkinson

Resumo

A doença de Parkinson é caracterizada pela degeneração progressiva de neurônios dopaminérgicos na substância negra. Esta doença não ocasiona apenas uma desordem motora, mas também pode provocar uma disautonomia cardiovascular. Numerosos estudos têm demonstrado prejuízo na inervação simpática cardíaca em pacientes acometidos pela doença de Parkinson. A doença de Parkinson semelhante à humana pode ser experimentalmente induzida em ratos e camundongos com a administração das neurotoxinas 1-metil-1-4-fenit-1,2,3,6-tetrahidropirimidina (MPTP), 6-hidroxidopamina (6-OHDA) e rotenona. O objetivo deste estudo é verificar em camundongos tratados com MPTP os aspectos morfoquantitativos dos neurônios dopaminérgicos assim como da inervação cardíaca, com ênfase no número total e tamanho dos cardiomiócitos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SASAHARA, TAIS H. C.; MACHADO, MARCIA R. F. The effect of 1-methyl-4-phenyl-1,2,3,6-tetrahydropyridine (MPTP) on mice myocardial morphology. Pesquisa Veterinária Brasileira, v. 39, n. 5, p. 364-370, MAY 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.