Busca avançada
Ano de início
Entree

Fatores associados a alimentação saudável e atividade física em indivíduos vivendo com HIV/AIDS

Processo: 06/05460-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2007
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Análise Nutricional de População
Pesquisador responsável:Patricia Constante Jaime
Beneficiário:Ana Clara da Fonseca Leitão Duran
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Atividade física   Dieta   Lipodistrofia

Resumo

Introdução: Segundo estimativas da UNAIDS, aproximadamente 40,3 milhões de pessoas vivendo com HIV/AIDS (PHVA) em todo o mundo. No Brasil, estima-se haver 600 mil indivíduos infectados pelo HIV. A partir de 1996, adotou-se a política de distribuição gratuita e universal de medicação anti-retroviral no Sistema Único de Saúde (SUS) no país, sendo o Brasil um dos primeiros países em desenvolvimento a adotá-la. A adesão do paciente a esquemas terapêuticos com múltiplas drogas tornou-se fundamental no manejo clínico dessa doença. Entre os efeitos colaterais da terapia anti-retroviral de alta atividade (TAR), a lipodistrofia apresenta-se como um dos mais importantes, por levar a problemas de estigma e preconceito para com os indivíduos HIV-positivo. A qualidade das relações sociais e afetivas está inversamente relacionada com a percepção de mudanças morfológicas. A promoção de hábitos de vida saudáveis, incluindo a adoção de uma dieta equilibrada e a prática de atividade física, estão estritamente relacionados com a diminuição do risco para doenças crônicas não transmissíveis. Em PVHA, podem ainda atuar na melhora da qualidade de vida e adesão ao tratamento anti-retroviral. Dados recentes têm apontado para associações positivas entre uma dieta pobre em fibras e rica em gordura com a deposição de gordura abdominal e elevado índice de massa corporal. E quando avaliadada a qualidade global da dieta em PVHA, foram encontradas proporções baixas de indivíduos com dieta adequada. A prática de exercícios físicos já se mostra ser benéfica e segura nesta população, atuando na melhora da capacidade cardiorrespiratória, força muscular e constribuindo com a qualidade de vida. Entretanto, dados quanto aos fatores associados à adoção de mudanças no estilo de vida por PVHA ainda são escassos na literatura. Sendo assim essencial o estudo de tais fatores para um melhor delineamento de intervenções nutricionais e de programas de atividade física. Objetivos: Identificar os fatores associados à adoção de hábitos de vida saudáveis, incluindo dieta adequada e prática de atividade física, entre indivíduos adultos vivendo com HIV/AIDS no Município de São Paulo. Metodologia: Estudo transversal de caráter exploratório que abrangerá PVHA de ambos os sexos, em uso de TAR, que estejam em acompanhamento em centros de referência para o tratamento de HIV/AIDS no Município de São Paulo. Prevê-se uma amostra de 323 indivíduos adultos, escolhidos através de uma abordagem consecutiva cumulativa. As variáveis dependentes serão qualidade global da dieta e o nível de atividade física habitual. O consumo alimentar será avaliado por meio do método Recordatório Alimentar de 24 horas aplicado em dois dias não consecutivos por uma nutricionista treinada. Para avaliação da qualidade da dieta será utilizado o Índice de Qualidade da Dieta adaptado para a população brasileira. A atividade física habitual será avaliada por questionário validado para PVHA que avalia a atividade física habitual nos últimos 12 meses. As variáveis de controle investigadas serão relativas às características sócio-demográficas (sexo, idade e escolaridade), clínicas (tempo de Aids, histórico de medicação anti-retroviral, carga viral mais recente e determinação do número de linfócitos T CD4+ periféricos, por meio de citometria de fluxo), adesão à TAR, estado nutricional e auto-referência de alterações morfológicas relacionadas com a lipodistrofia. Serão realizadas análises de regressão linear a fim de gerar equações para predizer o verdadeiro peso e estatura a partir dos valores referidos. O conjunto de variáveis quantitativas será descrito segundo medidas de tendência central e dispersão. A fim de verificar os fatores associados com a adoção de uma dieta saudável e nível adequado de atividade física, será realizada análise de regressão multivariada. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GIUDICI, KELLY VIRECOULON; FONSECA LEITAO DURAN, ANA CLARA; JAIME, PATRICIA CONSTANTE. Inadequate food intake among adults living with HIV. São Paulo Medical Journal, v. 131, n. 3, p. 145-152, 2013. Citações Web of Science: 4.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
DURAN, Ana Clara da Fonseca Leitão. Qualidade da dieta de adultos vivendo com HIV/AIDS e seus fatores associados. 2009. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Saúde Pública São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.