Busca avançada
Ano de início
Entree

Atendimento ao cuidador de idosos com Alzheimer: implicações do suporte individualizado em grupos terapêuticos

Processo: 07/52705-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2007
Vigência (Término): 31 de março de 2009
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Tratamento e Prevenção Psicológica
Pesquisador responsável:Elizabeth Joan Barham
Beneficiário:Danilo Augusto de Melo Faleiros
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Doença de Alzheimer   Demência   Cuidadores

Resumo

A demência se caracteriza pela perda de funções cognitivas, comprometendo a execução normal das mais simples tarefas de vida diária. Como a população está envelhecendo, o número de idosos com quadros de demência também está aumentando. Neste contexto está surgindo à figura do "cuidador familiar do idoso''. Mas, este cuidador é pouco capacitado para lidar com as demandas especiais de alguém com demência. Além da carga de tarefas domésticas, que ocorre quando alguém se torna dependente, os distúrbios de comportamento do idoso provocam um impacto negativo na vida do cuidador, tomando-o mais vulnerável aos quadros depressivos e à deterioração de sua condição física. Serviços de atendimento para estes cuidadores, em sua maioria, acontecem através de grupos terapêuticos. Neles os cuidadores recebem orientações conceituais e trocam experiências. No entanto, não se sabe até que ponto estas reuniões são suficientes para amenizar os efeitos de sobrecarga (burden) na vida dos cuidadores. Ainda, busca-se uma metodologia que seja eficiente na melhoria da qualidade de vida do idoso e de seu cuidador através da relação profissionais, cuidadores familiares e o idoso dementado. O objetivo deste estudo é contribuir no desenvolvimento de estratégias de intervenção eficazes na prevenção e no combate do efeito de burden em cuidadores de idosos com Doença de Alzheimer. Especificamente, serão avaliadas as conseqüências de um suporte de atendimento individual em um grupo terapêutico. (AU)