Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de linhagens atípicas de Yersinia spp. por métodos moleculares

Processo: 07/01146-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2007
Vigência (Término): 30 de abril de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Biologia e Fisiologia dos Microorganismos
Pesquisador responsável:Juliana Pfrimer Falcão
Beneficiário:Roberto Antonio de Souza
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Yersinia   Bactérias

Resumo

O gênero Yersinia compreende 11 espécies. Y. enterocolitica, Y. pseudotuberculosis e Y. pestis são patógenos de vários animais, incluindo os humanos. Y. aldovae, Y. bercovieri, Y. frederiksenii, Y. intermedia, Y. kristensenii, Y. mollaretti e Y. rhodei são encontradas no meio ambiente e alimentos e consideradas, usualmente, como bactérias oportunistas não-patogênicas. Y. ruckeri é um importante patógeno de peixes. A classificação de bactérias do gênero Yersinia nas diferentes espécies é feita usualmente através de uma série de testes bioquímicos clássicos. O Laboratório de Referência em Yersinia da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da UNESP de Araraquara, posteriormente transferido para a Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto/USP, recebeu desde a sua fundação amostras suspeitas de Yersinia, provenientes de vários estados do Brasil e também de outros países, para confirmação e tipagem completa sendo que mais de 700 amostras foram confirmadas como Yersinia e posteriormente completamente tipadas. Entretanto, foram recebidas algumas amostras de Yersinia que não puderam ser classificadas pelos testes bioquímicos convencionais em nenhuma das espécies até o momento conhecidas e por esse motivo foram denominadas Yersinia atípicas. Esse projeto visa classificar essas amostras atípicas em espécies através de técnicas de biologia molecular como: ERIC-PCR, Eletroforese em Campo Pulsado (Pulsed-field), Ribotipagem e Multi-locus Sequencing Typing (MLST). Os resultados a serem obtidos poderão classificar essas amostras em alguma das espécies já conhecidas ou mesmo fornecer dados para que nova(s) espécies(s) de Yersinia sejam propostas, contribuindo assim para uma melhor caracterização desse gênero quanto a sua diversidade. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SOUZA, ROBERTO A.; FALCAO, DEISE P.; FALCAO, JULIANA P. Emended description of Yersinia massiliensis. INTERNATIONAL JOURNAL OF SYSTEMATIC AND EVOLUTIONARY MICROBIOLOGY, v. 61, n. 5, p. 1094-1097, MAY 2011. Citações Web of Science: 8.
SOUZA, ROBERTO A.; PITONDO-SILVA, ANDRE; FALCAO, DEISE P.; FALCAO, JULIANA P. Evaluation of four molecular typing Methodologies as tools for determining taxonomy relations and for identifying. species among Yersinia isolates. Journal of Microbiological Methods, v. 82, n. 2, p. 141-150, AUG 2010. Citações Web of Science: 22.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SOUZA, Roberto Antonio de. Identificação de linhagens atípicas de Yersinia spp. por métodos moleculares. 2009. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.