Busca avançada
Ano de início
Entree

Representações do negro em Manuel Querino: um projeto de identidade nacional

Processo: 07/52568-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2007
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História do Brasil
Pesquisador responsável:Márcia Regina Capelari Naxara
Beneficiário:Carlos Antonio dos Reis
Instituição-sede: Faculdade de História, Direito e Serviço Social. Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Franca. Franca , SP, Brasil
Assunto(s):Identidade nacional   Cientificismo

Resumo

Considerando as mudanças de ordem política, econômica e social que marcaram a segunda metade do século XIX e as primeiras décadas do século XX, verificamos que ganhou importância, no período, a busca de respostas para questões fundamentais quanto ao entendimento do Brasil como nação em formação e carente de uma identidade que abarcasse sua população. A imagem difundida era a de um povo enfermo e incapaz de constituir a Nação, devido à sua composição racial, indesejada pelos padrões positivistas, evolucionistas e darwinistas sociais de caráter mesológico e naturalizadores da sociedade, então em voga. Proponho nesse projeto uma análise do pensamento de Manuel Querino, folclorista e militante das causas negras que procurou pensar o nacional partindo da variável raça. O objetivo é situá-lo dentro de um grupo de intelectuais preocupados com a construção de uma nacionalidade brasileira resultante da mistura das raças, dentre os quais destacam-se Silvio Romero, Manoel Bomfim e Nina Rodrigues. Mais que isso, busco delimitar o espaço ocupado por Querino e a forma como sua abordagem o diferenciou dos demais, sentido em que o diálogo com Nina Rodrigues mostra-se fértil, uma vez que o mesmo preocupou-se com as "mazelas" que a população de cor (degenerada) traria ao Brasil, ao passo que Manuel Querino interessou-se em reverter à situação de inferioridade imputada a tais camadas da população, que considerava descaracterizados e marginalizados no processo de construção da nacionalidade brasileira. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
REIS, Carlos Antonio dos. Do convívio e colaboração das raças : elogio da mestiçagem e reabilitação do negro em Manoel Querino. 2009. 179 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Historia, Direito e Serviço Social. Franca.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.