Busca avançada
Ano de início
Entree

Ensino de discriminacoes condicionais e avaliacao de desempenhos emergentes em autistas de reduzido repertorio verbal.

Processo: 07/52578-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2007
Vigência (Término): 31 de março de 2009
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Experimental
Pesquisador responsável:Deisy das Graças de Souza
Beneficiário:André Augusto Borges Varella
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Transtorno autístico   Comportamento verbal   Equivalência de estímulos

Resumo

A aprendizagem relacional é um dos mais importantes aspectos da cognição humana. Indivíduos com autismo apresentam graus variados de dificuldades nesse tipo de aprendizagem, refletindo em seus níveis de aquisição de linguagem. A aprendizagem relacional baseia-se em sistemas de relações simbólicas, cuja principal característica é a natureza arbitrária das relações aprendidas. Este estudo propõe investigar a relação entre habilidades verbais e aprendizagem relacional no modelo de equivalência de estímulos, expondo indivíduos autistas de repertório verbal pouco desenvolvido ao ensino de discriminações condicionais arbitrárias, todas com estímulos visuais. Inicialmente, serão avaliados o repertório verbal (pelo guia de avaliação ABLLS) e o grau de severidade do transtorno (escala CARS). Depois de um pré-treino para o ensino da tarefa de emparelhamento com o modelo, serão ensinadas relações condicionais de identidade (AA, BB e CC) e três conjuntos de relações condicionais arbitrárias (A1B1, A2B2, A3B3, A1C1, A2C2 e A3C3). Se os participantes aprenderem as discriminações, serão conduzidos testes especialmente planejados para verificar se eles formam classes de estímulos equivalentes, pela demonstração de relações novas, não diretamente ensinadas (relações B1C1, B2C2, B3C3, C1B1, C2B2 e C3B3). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ANTONIO M. MORENO; ANDRÉ A. B. VARELLA; DANIELA S. CANOVAS; LÍDIA M. M. POSTALLI; DORA FIX VENTURA; DEISY G. DE SOUZA. Assessing restricted stimulus control in typically developing preschool children and bees (Melipona quadrifasciata). Psychology & Neuroscience, v. 7, n. 2, p. -, Jun. 2014.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.