Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da inibicao da atividade de fas sobre a linfangiogenese em modelo murino.

Processo: 07/57402-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2008
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Edgard Graner
Beneficiário:Débora Campanella Bastos
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Metástase   Biologia tumoral   Fãs   Linfangiogênese   Neoplasias

Resumo

O sistema linfático é um importante componente da circulação responsável pela drenagem do fluido intersticial e transporte de macromoléculas, sendo essencial para o funcionamento do sistema imunológico e via primária de metástases de várias neoplasias malignas. A linfangiogênese (formação de novos vasos linfáticos) é iniciada pela liberação de fatores de crescimento que ativam alguns genes nas células endoteliais, dos quais os mais estudados são os fatores de crescimento endotelial vascular (VEGF-C e VEGF-D) e seus receptores (VEGFR-2 e VEGFR-3), também estão relacionados com a progressão tumoral. A ácido graxo sintase (FAS) é a enzima responsável pela síntese endógena de ácidos graxos. Sua expressão é alta em diversas neoplasias malignas, pois sua atividade parece ser necessária para a síntese de fosfolipídios da membrana das células malignas. O bloqueio de FAS provoca aumento da produção VEGF em células tumorais pela ativação da via MAPK-HIF-1a-VEGF dependente de ErbB-2, sugerindo a existência de uma conexão entre o metabolismo endógeno de ácidos graxos e a angiogênese. Em trabalho recente realizado por nosso grupo, foi demonstrado que o tratamento de camundongos portadores de melanomas intraperitoneais causados pela injeção de células B16F10 com Orlistat (inibidor específico de FAS) reduziu em 50% o número de metástases para linfonodos mediastínicos. Considerando recentes dados da literatura mostrando que Orlistat inibe a atividade de FAS em células endoteliais de vasos sangüíneos e conseqüentemente a neovascularização, pretendemos no presente trabalho verificar seu efeito sobre a linfangiogênese. Para isto, utilizaremos um modelo de regeneração da pele através de implante de colágeno em feridas cirúrgicas realizadas na cauda de camundongos associado às técnicas de microlinfangiografia fluorescente e de imunohistoquímica para detecção e quantificação de vasos linfáticos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BASTOS, Débora Campanella. Efeitos da inibição da atividade de FASN sobre a linfangiogênese em modelo murino. 2009. 103 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Faculdade de Odontologia de Piracicaba Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.