Busca avançada
Ano de início
Entree

Uso do vírus respiratório sincicial bovino (BRSV) para avaliação da atividade antiviral de extratos de plantas

Processo: 07/57890-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2008
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Clarice Weis Arns
Beneficiário:Matheus Cavalheiro Martini
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Plantas medicinais   Antivirais

Resumo

A pesquisa de potenciais substâncias naturais com atividade antiviral é uma das maiores fontes de novas drogas na terapêutica para doenças infecciosas. Algumas plantas medicinais distribuídas em várias regiões do mundo apresentam atividade antiviral, sendo que alguns compostos presentes nestas demonstram ter uma marcante atividade contra o Vírus Respiratório Sincicial Humano (HRSV), tanto in vitro como in vivo. O vírus respiratório sincicial bovino (BRSV), membro da família Paramyxoviridae, é o agente causador de pneumonia em bezerros jovens. O BRSV está intimamente relacionado ao HRSV e causa severa doença respiratória em bovinos jovens de forma similar à enfermidade decorrente da infecção pelo HRSV em crianças. O presente projeto tem como objetivo investigar a atividade antiviral de extratos de plantas frente ao BRSV. Para isso, os extratos produzidos pela Divisão de Fitoquímica do CPQBA e avaliados quanto a sua atividade antitumoral e antimicrobiana no projeto FAPESP - BIOTA serão utilizados. O efeito antiviral será avaliado através da observação do efeito citopático e da titulação viral, conforme o método Spearman&Karber. Assim, os extratos mais eficientes para inibição da replicação do BRSV serão selecionados. Desta forma, novas plantas medicinais poderão ser avaliadas como novas drogas terapêuticas para o combate às infecções provocadas pelo BRSV e vírus relacionados. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MATHEUS CAVALHEIRO MARTINI. Avaliação in vitro da atividade antiviral de extratos de plantas frente ao metapneumovirus aviário (AMPV) e vírus respiratório sincicial bovino (BRSV). 2010. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Biologia.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.