Busca avançada
Ano de início
Entree

Quando falha o controle: crimes dè escravos contra senhores. Campinas, 1860-1888

Processo: 07/57192-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2008
Vigência (Término): 31 de maio de 2010
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História do Brasil
Pesquisador responsável:Maria Helena Pereira Toledo Machado
Beneficiário:Maíra Chinelatto Alves
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Criminalidade   História social   Brasil   Século XIX   Escravidão

Resumo

Este projeto propõe uma pesquisa sobre escravidão, seguindo os parâmetros que a História Social sobre o tema vem estabelecendo nas últimas três décadas. Tratando de Campinas, região de intensa exploração escrava ao longo do século XIX, procuro perceber meandros das relações entre senhores e escravos entre os anos 1860 e 1888, período em que a instituição perdia cada vez mais legitimidade entre a sociedade imperial. Existe uma vasta produção historiográfica que entende a escravidão como sistema consensual, mesmo com a existência marcante de violência física e coerção. Os próprios senhores entendam que deveriam buscar outros tipos de estímulo, mais positivos - tais como mobilidade ocupacional e incentivo à família -, para manter suas escravarias disciplinadas. No entanto, sabemos também que esses meios de dominação nem sempre surtiam o efeito desejado. Alguns dos conflitos gerados por essa tensão foram documentados, como é o caso dos processos criminais por agressão ou morte de figuras de autoridade senhorial. Bastante explorados pela historiografia, acredito que a análise destes casos pode enriquecer muito com a pesquisa em outras séries documentais relacionadas, como inventários post-mortem de senhores assassinados, registros de impostos da propriedade e paroquiais. É possível, assim, conhecer melhor tanto o proprietário como os escravos envolvidos e perceber as condições em que o crime ocorreu: se o senhor estava endividado e exigia demais dos escravos, e quais eram as condições de moradia e familiares dos últimos, que podem ajudar a explicar o ato de revolta. Estendendo as fontes a periódicos e correspondências policiais, é possível perceber se os crimes eram ou não noticiados conforme o processo criminal e como a polícia poderia conter ondas de pânico entre a sociedade, não divulgando detalhes sobre o acontecido. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ALVES, Maíra Chinelatto. Quando falha o controle: crimes de escravos contra senhores. Campinas, 1840/1870. 2010. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.