Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo químico e biológico de Garcinia xanthochymus (Clusiaceae)

Processo: 07/57950-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2008
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Dulce Helena Siqueira Silva
Beneficiário:Daniara Cristina Fernandes
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/07932-7 - Busca de compostos naturais antitumorais, antioxidantes, antiinflamatórios, antidiabéticos, inibidores de acetilcolinesterase e mieloperoxidase no Cerrado e na Mata Atlântica, AP.BTA.TEM
Assunto(s):Xantonas   Antioxidantes

Resumo

Os projetos em andamento em nossos laboratórios visando a conservação e uso sustentável da diversidade vegetal no Estado de São Paulo através de estudos sobre diversidade química e busca de drogas potenciais, incluem as atividades de bioprospecção e fazem parte da estratégia de exploração racional de nossa biodiversidade. Apesar das plantas medicinais serem raramente utilizadas como antioxidantes na medicina popular, suas propriedades terapêuticas podem ser devidas, pelo menos em parte, à sua capacidade de seqüestrar radicais livres de oxigênio, envolvidos em diversas patologias decorrentes do estresse oxidativo em sistemas biológicos. A ação antioxidante tem sido também apontada como forte indicativo de ação quimiopreventiva, associada à indução de enzimas destoxificantes do organismo e que podem evitar os eventos iniciais da geração de tumores, por exemplo. A planta selecionada para este estudo, Garcinia xanthochymus, da família Clusiaceae, apresenta perfil químico com expressiva ocorrência de xantonas, conhecidas por seu potencial antimalárico. Desta forma, os objetivos deste projeto incluem o estudo químico/biológico dos frutos e folhas de Garcinia xanthochymus, incluindo o isolamento e determinação estrutural de metabólitos secundários com ação antimalárica, antioxidante e quimiopreventiva. Para atingir as metas delineadas, o fracionamento cromatográfico desses extratos será monitorado por sucessivos ensaios em cromatoplacas reveladas com β-caroteno e anisaldeído, seguido de fracionamento por cromatografia e avaliação das bioatividades por meio de ensaios espectrofotométricos. Frações selecionadas e substâncias com pronunciadas atividades antioxidantes serão disponibilizadas no âmbito do subprograma BioProspecta (BIOTA-FAPESP) e enviadas a colaboradores para testes adicionais contra alvos específicos. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
Estudo químico e atividade biológica de Garcinia xanthochymus (Clusiaceae). 2010. 260 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Quimica. Araraquara.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.