Busca avançada
Ano de início
Entree

Materiais híbridos de hidróxidos duplos lamelares com ácido cólico: estudo da liberação em meio aquoso

Processo: 08/52866-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2009
Vigência (Término): 31 de julho de 2010
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Joao Barros Valim
Beneficiário:Leonardo Paulo Ribeiro da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Materiais híbridos   Química de intercalação   Ácido cólico   Hidrotalcita   Hidróxidos duplos lamelares

Resumo

Os Hidróxidos Duplos Lamelares (HDL) são minerais pouco abundantes na natureza, mas que podem ser sintetizados em laboratório. São também chamados de compostos do tipo da hidrotalcita. Os HDL com os cátions de Mg e Al, contendo o ânion carbonato intercalado, apresentam propriedades tamponantes, podendo, portanto ser utilizados como antiácidos no tratamento de úlceras gástricas. Assim, compostos de interesse farmacêutico intercalados em hidróxidos duplos lamelares podem ter a liberação sustentada em meio aquoso. O ácido cólico é o mais abundante dos ácidos biliares. Esse atua como agente emulsificante para auxiliar na digestão de gordura. Os sais de bile possuem propriedades detergentes similares aos sais de ácidos orgânicos de cadeia longa. Este projeto tem como principais objetivos: a síntese e caracterização de HDL de Mg e Al com o ânion do ácido cólico intercalado, por dois diferentes métodos de preparação, o estudo da liberação "in vitro" do composto intercalado e a investigação do efeito tamponante do HDL preparado. Os materiais serão preparados pelos métodos de precipitação a pH constante e por regeneração em solução aquosa de um HDL precursor de carbonato previamente calcinado. Para a caracterização serão utilizadas as análises por difração de raios X no pó, análises termogravimétricas e térmicas diferenciais, análises de área superficial, análise por microscopia eletrônica de varredura e por análises químicas. Além disto, serão estudados os processos de liberação do colato "in vitro" em meio ácido e o efeito tamponante dos materiais obtidos. (AU)