Busca avançada
Ano de início
Entree

Prematurudade e baixo peso em pré-escolares: fatores de risco ao desenvolvimento da linguagem e alterações fonologico-lexicais

Processo: 08/51990-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 30 de setembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Tópicos Específicos de Educação
Pesquisador responsável:Claudia Maria Simões Martinez
Beneficiário:Elisa Pinhata Iemma
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Recém-nascido prematuro   Desenvolvimento infantil   Fatores de risco

Resumo

A prematuridade é conhecida como um dos fatores de risco para alterações no processo de desenvolvimento da criança, o que pode interferir em vários aspectos, como as habilidades cognitivas, psicossociais, motoras, lingüísticas. As alterações de linguagem oral na criança podem acarretar problemas escolares, dessa forma, é necessária a identificação precoce de alterações por meio de um processo avaliativo juntamente com um programa de estimulação eficiente. Assim, este estudo foi delineado com o objetivo de avaliar as habilidades lingüísticas em crianças em fase pré-escolar, com histórico de prematuridade, que freqüentam as creches e pré-escolas de uma cidade do interior do estado de São Paulo, na faixa etária de 3 a 5 anos de idade. Os instrumentos utilizados serão um roteiro de entrevista estruturado elaborado pela pesquisadora, dirigido aos pais/ou responsável pela criança; a Escala de Desenvolvimento Comportamental de Gesell e a Escala de Avaliação do Desenvolvimento da Linguagem (ADL), que deverão ser aplicadas com as crianças. Com a avaliação da linguagem e o levantamento de outros aspectos do desenvolvimento já na fase pré-escolar, será possível caracterizar essa população e levantar fatores que poderão interferir na aquisição e no desenvolvimento da linguagem escrita, durante a fase escolar. (AU)