Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise comparativa entre as características dos fibroblastos e miofibroblastos do estroma de CECs orais e suas influências na invasão e formação de tumores em modelo xenográfico

Processo: 07/03952-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2007
Vigência (Término): 31 de agosto de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Ricardo Della Coletta
Beneficiário:Lays Martin Sobral
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Estomatologia   Miofibroblastos   Fibroblastos   Metaloproteinases da matriz

Resumo

Recentes evidências demonstram uma importante influência do estroma no desenvolvimento e progressão dos tumores malignos. O estroma tumoral é composto por células imunes e inflamatórias, células endoteliais, macromoléculas da matriz extracelular, fibroblastos e um subtipo específico de fibroblasto, denominado de miofibroblasto. A presença de miofibroblastos já foi observada no estroma de inúmeras neoplasias malignas humanas, sendo esta presença freqüentemente associada a um pior prognóstico dos tumores, porém a sua influência na tumorigênese não está totalmente elucidada. Nós previamente demonstramos que miofibroblastos estão principalmente localizados nos frontes invasivos dos carcinomas espinocelulares (CEC) orais, onde controlam o comportamento tumoral por induzir a proliferação das células neoplásicas. Os objetivos deste projeto são comparar as características morfológicas e funcionais dos fibroblastos e miofibroblastos presentes no estroma de CECs orais e determinar a influência destas células na invasão e formação tumoral. Linhagens celulares de fibroblastos e miofibroblastos tumorais serão estabelecidas de CECs orais e comparadas no que tange as características morfológicas (por microscopia de contraste de fase e coloração de H&E), potencial proliferativo (por ensaios de crescimento celular e incorporação de BrdU), síntese de colágeno (por ensaios de RT-PCR e ELISA), expressão de metaloproteinases de matriz (por ensaios de RT-PCR, western blot e zimografia) e expressão de marcadores de diferenciação celular (por imunofluorescência). A influência dos fatores de síntese dos fibroblastos e miofibroblastos tumorais na indução da invasão das células neoplásicas será comparada pelos métodos "matrigel/transwell"; e co-culturas em base de colágeno. O modelo de crescimento de tumores xenográficos em camundongos nude será utilizado para determinar a influência dos miofibroblastos na formação e progressão tumoral. Inúmeros estudos sugerem um importante papel dos miofibroblastos no desenvolvimento e promoção dos tumores malignos, indicando que a modulação destas células e, conseqüentemente, da reação do estroma tumoral possa representar um alvo terapêutico inexplorado para vários tipos de câncer.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SOBRAL, Lays Martin. Participação de Smad7 e CTGF na transdiferenciação de miofibroblastos gengivais e análise da influência dos miofibroblastos na proliferação e invasão de carcinomas espinocelulares orais. 2010. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Faculdade de Odontologia de Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.