Busca avançada
Ano de início
Entree

Na costura do sapato, o desmanche das operarias: um estudo das condicoes de trabalho e saude das pespontadeiras da industria de calcados de franca (sp)

Processo: 08/51999-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2008
Vigência (Término): 31 de julho de 2010
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Outras Sociologias Específicas
Pesquisador responsável:Vera Lucia Navarro
Beneficiário:Taísa Junqueira
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Condições de trabalho   Reestruturação produtiva   Trabalho feminino   Saúde do trabalhador

Resumo

Vivenciamos um período de transformações organizacionais e tecnológicas que modificam os processos e as relações de trabalho, onde se observa o aumento dos contratos precários e temporários da jornada de trabalho cuja intensificação é notória aliada à depreciação salarial e à exploração do trabalho a domicílio; observamos também o crescimento significativo do trabalho feminino cuja força de trabalho é, muitas das vezes, absorvida pelo universo do trabalho precarizado. Vivenciamos também significativo aumento de adoecimentos relacionados ao trabalho e suas precárias condições que atinge principalmente a classe trabalhadora feminina, devido às características e condições do trabalho a ela destinado. A escolha da indústria calçadista francana como objeto de estudo deveu-se ao fato de ali se observar facilmente o resultado de mudanças resultantes dos processos de reestruturação produtiva - mudanças na organização e divisão do trabalho, na forma de pagamento, aumento da terceirização, introdução do trabalho em grupo ou células de produção. A seção de costura (pesponto) foi bastante atingida por estas mudanças e é onde se observa o maior contingente de mulheres empregadas. O objetivo dessa proposta é investigar o trabalho de mulheres que realizam tarefas de pesponto de calçados em unidades produtivas de diferentes portes, no município de Franca e tentar estabelecer relações entre as condições de trabalho e os problemas de saúde por elas relatados. A pesquisa será qualitativa e terá como principal técnica de coleta de dados a entrevista. Serão realizadas 30 entrevistas com trabalhadoras o que permitirá reconstituir o processo de trabalho e relacionar as condições de trabalho com os problemas de saúde relatados. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)