Busca avançada
Ano de início
Entree

Verbos auxiliares e a teoria da gramatica.

Processo: 07/58451-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2008
Vigência (Término): 30 de junho de 2011
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Teoria e Análise Lingüística
Pesquisador responsável:Esmeralda Vailati Negrão
Beneficiário:Marcus Vinicius da Silva Lunguinho
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Eventos   Gramática gerativa

Resumo

O objetivo desta pesquisa é desenvolverão âmbito da Gramática Gerativa, uma análise morfossintática dos verbos auxiliares do Português Brasileiro. A análise a que se propõe essa pesquisa abordará esses verbos do ponto de vista de sua constituição morfológica e do ponto de vista da estrutura sintática projetada por eles. No tocante à constituição morfológica dos auxiliares, analisaremos como se organizam esses verbos em termos de traços e de como esses traços interagem para a formação de paradigmas morfológicos. Já quanto à estrutura sintática projetada pelos verbos auxiliares, será analisado como os traços desses verbos entram na constituição da oração. Inicialmente partiremos de propostas constantes da literatura sobre os verbos auxiliares de outras línguas e, em seguida, tentaremos avaliar se tais propostas são compatíveis ou não com os dados do Português Brasileiro. Caso não haja propostas compatíveis com os dados analisados, faremos uma proposta alternativa capaz de captar os fatos apresentados. Esta pesquisa justifica-se pelo fato de que, sendo o estudo dos verbos auxiliares de outras línguas bastante frutífero, o dos verbos auxiliares do Português Brasileiro não deveria ficar de fora das discussões sobre essa classe de verbos. Outro fato a ressaltar é que a Teoria da Gramática tal qual se apresenta atualmente, dada a sua proposta de que os seres humanos são dotados de uma Faculdade da Linguagem que é inata e cujos reflexos se vêem materializados nas línguas, tender a enfatizar tal estudo: quanto mais línguas forem estudadas, mais chance teremos de comprovar hipóteses, refutá-las e até mesmo redefinir alguns aspectos da Teoria Gramatical tal como proposta. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
LUNGUINHO, Marcus Vinicius da Silva. Verbos auxiliares e a sintaxe dos domínios não-finitos. 2011. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH/SBD) São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.