Busca avançada
Ano de início
Entree

Escherichia coli diarreiogênica: ferramentas inovadoras para imunodiagnóstico

Processo: 07/58610-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2008
Vigência (Término): 30 de abril de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Roxane Maria Fontes Piazza
Beneficiário:Letícia Barboza Rocha
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/12136-5 - Escherichia coli enteropatogênica atípica (EPEC atípica), AP.TEM
Assunto(s):Escherichia coli   Testes imunológicos   Fatores de virulência   Anticorpos monoclonais   Anticorpos policlonais

Resumo

Infecções diarréicas agudas ainda são apontadas como significante causa de morbidade e mortalidade. Anualmente são estimadas aproximadamente de 2 a 2,5 milhões de mortes associadas à diarréia em crianças abaixo de cinco anos. Dentre os patógenos causadores de diarréia as Escherichia coli diarreiogênicas são responsáveis por 30 a 40% dos episódios de diarréia aguda nos países em desenvolvimento. Neste contexto, o diagnóstico é uma importante ferramenta para minimizar e controlar ocorrências. Todavia, enquanto que V. cholerae, Shigella spp e rotavírus podem ser detectados por ensaios padrões, a detecção de E. coli é mais difícil, aliado ao fato de que, erroneamente, este patogêno não costuma ser considerado como principal causa de diarréia em crianças. Dentre as E. coli diarreiogênicas, as categorias de relevada importância epidemiológica são: E. coli enterotoxigênica (ETEC) que apresenta como principais fatores de virulência a produção das toxinas termo-estável (ST) e termo-lábil (LT), E. coli enteropatogênica (EPEC) expressa intimina e Escherichia coli produtora da toxina de Shiga (STEC) produz as potentes citotoxinas de Shiga (Stx1 ou Stx2). Anticorpos são ferramentas importantes na detecção de diversos patógenos, anticorpos monoclonais apresentam alta especificidade e soros imunes obtidos em ratos ou coelhos apresentam alta sensibilidade. A proposta de associar o anticorpo policlonal ao anticorpo monoclonal conjugado a tintas coloidais, nos leva a perspectiva de desenvolvimento de métodos de captura com baixo custo que permitam detectar ETEC, EPEC e STEC em isolados bacterianos através de seus fatores de virulência. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Teste facilita diagnóstico de diarreias agudas 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ROCHA, LETICIA B.; SANTOS, ANNA R. R.; MUNHOZ, DANIELLE D.; CARDOSO, LUCAS T. A.; LUZ, DANIELA E.; ANDRADE, FERNANDA B.; HORTON, DENISE S. P. Q.; ELIAS, WALDIR P.; PIAZZA, ROXANE M. F. Development of a Rapid Agglutination Latex Test for Diagnosis of Enteropathogenic and Enterohemorrhagic Escherichia coli Infection in Developing World: Defining the Biomarker, Antibody and Method. PLoS Neglected Tropical Diseases, v. 8, n. 9 SEP 2014. Citações Web of Science: 8.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.