Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliacao de perfis de funcoes executivas em pacientes esquizofrenicos.

Processo: 07/58630-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2008
Vigência (Término): 31 de agosto de 2011
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Cognitiva
Pesquisador responsável:Rodrigo Affonseca Bressan
Beneficiário:Arthur de Almeida Berberian
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:03/11767-9 - Desenvolvimento e validação de instrumentos de avaliação neuropsicológica, AP.JP
Assunto(s):Esquizofrenia   Validade   Funções executivas

Resumo

Vários estudos demonstram que a esquizofrenia está associada a uma ampla gama de prejuízos cognitivos, dentre eles as funções executivas (FE). Evidências empíricas sugerem que tais declínios podem ser marcadores biológicos que podem contribuir para a compreensão de sua etiologia, melhor estabelecimento do diagnóstico e intervenções. As FE são habilidades subjacentes a capacidade de responder adequadamente a situações que exigem planejamento e autocontrole das emoções. Entretanto, poucos estudos objetivaram compreender os perfis de FE, que são fundamentais para estabelecer a extensão em que cada uma dessas habilidades afeta desempenhos sociais e a não melhora dos quadros clínicos. Essa compreensão pode contribuir para a criação de modelos teóricos explicativos, além de fornecer dados sobre marcadores cognitivos deficitários. Entretanto, há carência de testes de avaliação neuropsicológica com parâmetros psicrométricos adequados para utilização no Brasil. Assim, o presente estudo objetiva fornecer evidências de validade para instrumentos de FE na esquizofrenia. Participarão da pesquisa 50 indivíduos esquizofrênicos e 50 participantes saudáveis. Será utilizada Análise de Variância mista para verificar o efeito dos sintomas clínicos de esquizofrenia, avaliados pela PANSS, sobre os desempenhos dos testes; análise de agrupamento para verificar a possível formação de grupos com diferentes perfis de desempenho cognitivo; análise fatorial exploratória (AFE) para verificar o número de fatores extraídos dos testes de FE; caso a AFE revele mais de um fator, será conduzida a análise fatorial confirmatória, com intuito de verificar se os desempenhos de cada teste ajustam-se aos fatores previamente estabelecidos pelas AFE; e, por fim, será realizada a análise de equação estrutural para verificar o nível de correlação entre as modalidades de FE latentes. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BELANGERO, SINTIA IOLE; OTA, VANESSA KIYOMI; GADELHA, ARY; BERBERIAN, ARTHUR ALMEIDA; DE ASSUNCAO-LEME, IDAIANE BATISTA; NOTO, CRISTIANO; CHRISTOFOLINI, DENISE MARIA; BELLUCCO, FERNANDA TEIXEIRA; SANTORO, MARCOS LEITE; MAZZOTTI, DIEGO ROBLES; et al. DGCR2 influences cortical thickness through a mechanism independent of schizophrenia pathogenesis. PSYCHIATRY RESEARCH, v. 274, p. 391-394, . (16/04983-7, 17/25016-8, 07/58630-9, 10/08968-6, 14/07280-1, 11/00030-1)
ARTHUR A. BERBERIAN; ARY GADELHA; NATÁLIA M. DIAS; TATIANA P. MECCA; RODRIGO A. BRESSAN; ACIOLY T. LACERDA. Investigação da cognição na esquizofrenia: propriedades psicométricas de instrumentos para avaliação de atualização da memória de trabalho. Jornal Brasileiro de Psiquiatria, v. 64, n. 3, p. 238-246, . (11/50740-5, 07/58630-9)
OTA, VANESSA K.; BERBERIAN, ARTHUR A.; GADELHA, ARY; SANTORO, MARCOS L.; OTTONI, GUSTAVO L.; MATSUZAKA, CAMILA T.; MARI, JAIR J.; MELARAGNO, MARIA I.; LARA, DIOGO R.; SMITH, MARILIA A. C.; et al. Polymorphisms in schizophrenia candidate gene UFD1L may contribute to cognitive deficits. PSYCHIATRY RESEARCH, v. 209, n. 1, p. 110-113, . (07/58736-1, 07/58630-9, 11/50740-5)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.