Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos peptídeo sintético (P10): como adjuvante ao tratamento quimioterápico e sua resposta pulmonar em camundongos Balb/c anérgicos infectados com Paracoccidioides brasiliensis

Processo: 07/58750-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de março de 2008
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia
Pesquisador responsável:Carlos Pelleschi Taborda
Beneficiário:Julián Esteban Muñoz Henao
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Fungos mitospóricos   Paracoccidioides brasiliensis

Resumo

A paracoccidioidomicose (PCM), doença sistêmica de caráter granulomatoso, é causada pelo fungo termodimórfico Paracoccidioides brasiliensis. Conídios ou propágulos produzidos por micélios saprófitas no meio ambiente são responsáveis pela propagação da doença. A PCM é endêmica na América Latina, onde se estima que aproximadamente 10 milhões de pessoas possam estar infectadas pelo fungo. Os pacientes com PCM exigem tratamento a base de Sulfametoxazol/trimetoprim, Anfotericina B, e derivados azólicos. Por ser uma doença com altos índices de recidivas, longos períodos de tratamento são necessários. A glicoproteína de 43kDa (gp43), possui 416 aminoácidos, onde um trecho específico de 15 aminoácidos designado como (P10), é reconhecido pelos linfócitos T. Camundongos imunizados com P10 e infectados com um isolado virulento, desenvolveram infecção 200 vezes menos intensa que os animais não imunizados, com maior produção de interferon gama, e diminuição de IL-4. No presente trabalho será analisado fatores relacionados a imunidade inata em camundongos BALB/c imunosuprimidos. 7 grupos de camundongos serão induzidos a imunossupressão, reações de HTT serão realizadas periodicamente. Após a indução da imunossupressão, os animais serão infectados por via intratraqueal com 3x10 leveduras do isolado 18 (Pb 18). Quinze dias depois os animais serão imunizados com P10 ou tratados com as drogas antifúngicas. Os animais serão sacrificados 90 após a infecção, e os resultados analisados através de UFCs, imunohistoquímica, detecção de citosinas pró-inflamatórias, histologia do pulmão, e detecção de células T de memória e regulatórias. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MUNOZ, JULIAN E.; LUFT, VINICIUS D.; AMORIM, JULIANA; MAGALHES, ADRIANA; THOMAZ, LUCIANA; NOSANCHUK, JOSHUA D.; TRAVASSOS, LUIZ R.; TABORDA, CARLOS P. Immunization with P10 Peptide Increases Specific Immunity and Protects Immunosuppressed BALB/c Mice Infected with Virulent Yeasts of Paracoccidioides brasiliensis. Mycopathologia, v. 178, n. 3-4, p. 177-188, OCT 2014. Citações Web of Science: 15.
MAYORGA, ORIANA; MUNOZ, JULIAN E.; LINCOPAN, NILTON; TEIXEIRA, ALINE F.; FERREIRA, LUIS C. S.; TRAVASSOS, LUIZ R.; TABORDA, CARLOS P. The role of adjuvants in therapeutic protection against paracoccidioidomycosis after immunization with the P10 peptide. FRONTIERS IN MICROBIOLOGY, v. 3, 2012. Citações Web of Science: 16.
BRAGA, CATARINA J. M.; RITTNER, GLAUCE M. G.; MUNOZ HENAO, JULIAN E.; TEIXEIRA, ALINE F.; MASSIS, LILIANA M.; SBROGIO-ALMEIDA, MARIA E.; TABORDA, CARLOS P.; TRAVASSOS, LUIZ R.; FERREIRA, LUIS C. S. Paracoccidioides brasiliensis Vaccine Formulations Based on the gp43-Derived P10 Sequence and the Salmonella enterica FliC Flagellin. Infection and Immunity, v. 77, n. 4, p. 1700-1707, Apr. 2009. Citações Web of Science: 25.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
HENAO, Julián Esteban Muñoz. Avaliação do peptídeo sintético (P10): associado ao tratamento quimioterápico em camundongos BALB/c anérgicos infectados com Paracoccidioides brasiliensis.. 2013. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Biomédicas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.