Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação molecular dos peixes da Bacia do Alto Paraná

Processo: 06/05159-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de março de 2007
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Claudio de Oliveira
Beneficiário:Luiz Henrique Garcia Pereira
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Biogeografia   Ictiofauna   Peixes de água doce   Bacia do Paraná

Resumo

O Rio Paraná é o principal rio da bacia do Prata (cerca de 50% da área total de drenagem) e o segundo maior em extensão da América do Sul. Os levantamentos ictiofaunísticos realizados na bacia do Rio Paraná são, como nas outras grandes bacias hidrográficas brasileiras, ainda incompletos. Além disso, não existe consenso acerca do status taxonômico de muitas espécies listadas nestes levantamentos. As estimativas disponíveis sugerem que existam entre 170 e 250 espécies de peixes nativas nessa importante bacia hidrográficas. A análise de sequencias de DNA tem sido utilizada por cerca de trinta anos para auxiliar na identificação de espécies, mas diferentes sequencias têm sido utilizadas para diferentes grupos taxonômicos e em diferentes laboratórios. Estudos recentes têm proposto o uso do gene mitocondrial Citocromo Oxidase subunidade I (Cox 1) como um sistema global de identificação para as plantas e animais. Essas sequencias têm sido interpretadas como um código de barras (barcode), com as espécies sendo delimitadas por uma sequencia particular ou por um conjunto de sequencias muito similares. Considerando os dados bastante promissores, obtidos para diversos grupos de plantas e animais com o uso do método de Código de Barras, considerando a ampla diversidade de peixes da bacia do Alto Rio Paraná, considerando o ainda escasso conhecimento que se tem sobre essa importante fauna de peixes e considerando o impacto ambiental que a bacia do Alto Rio Paraná vem enfrentando ao longo de sua história, o presente projeto tem por meta realizar o sequenciamento de segmentos parciais do gene mitocondrial Cox 1 para todas as espécies de peixes encontradas na bacia do Alto Rio Paraná, com o objetivo de criar um sistema de identificação molecular das espécies presentes nessa bacia hidrográfica. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
PEREIRA, Luiz Henrique Garcia. Identificação molecular dos peixes da bacia do alto rio Paraná. 2011. 178 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Botucatu). Botucatu.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.