Busca avançada
Ano de início
Entree

Importância do flagelo para a Patogenicidade de Salmonella enterica subespécie enterica sorovar Gallinarum biovar Gallinarum

Processo: 07/59233-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2008
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Pesquisador responsável:Angelo Berchieri Junior
Beneficiário:Oliveiro Caetano de Freitas Neto
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Salmonella   Reação em cadeia da polimerase em tempo real   Mutantes

Resumo

Dos mais de 2000 sorovares de Salmonela entérica, a Salmonela Gallinarum e a S. Pullorum são alguns dos poucos Imóveis devido à ausência de flagelos. Esses dois sorovares são causadores de doenças sistêmicas em aves. O significado da ausência de flagelos nas salmoneloses aviárias não está claro. Tem sido sugerido que a falta de flagelos contribuiria para a Invasão do trato digestório, por não estimular uma resposta Inflamatória na mucosa Intestinal. Sabidamente, a Salmonela Gallinarum não induz a produção de Interleucinas pró-inflamatórias (IL1 e IL6) no organismo da ave, entretanto a Salmonela Typhimurium e a Salmonela Enteritidis Induzem à produção intensa dessas Interleucinas, provocando considerável dano no tecido intestinal durante as infecções de aves jovens. Segundo estudos recentes, o reconhecimento de patógenos em aves, deve-se, principalmente, a receptores "Toll Like Receptor-5" (TLR-5), ativados pela proteína presente no flagelo. A ausência de flagelo poderia evitar esse reconhecimento. Existem evidências de que em circunstâncias especiais de cultivo, a Salmonela Pullorum produza flagelos, o que tem sido difícil de ser repetido. Atualmente, as Informações sobre as seqüências dos genes envolvidos na produção de flagelo em salmonelas estão disponíveis, permitindo novas pesquisas envolvendo esse tema. Desse modo, elaborou-se o presente projeto com o objetivo de comparar as seqüências dos genes responsáveis pela produção do flagelo em Salmonela Gallinarum, S. Pullorum com Salmonela Typhimurium e Salmonela Enteritidis, utilizando-se dessas Informações para tentar construir mutantes de S. Gallinarum, S. Pullorum (capazes de produzir flagelos), os quais serão inoculados em aves para avaliação da patogenia. Também serão estudados os padrões de expressão dos genes envolvidos na produção do flagelo durante a infecção experimental de aves. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE FREITAS NETO, OLIVEIRO CAETANO; SETTA, AHMED; IMRE, ARIEL; BUKOVINSKI, AGNES; ELAZOMI, ALTAEB; KAISER, PETE; BERCHIERI JUNIOR, ANGELO; BARROW, PAUL; JONES, MICHAEL. A flagellated motile Salmonella Gallinarum mutant (SG Fla(+)) elicits a pro-inflammatory response from avian epithelial cells and macrophages and is less virulent to chickens. Veterinary Microbiology, v. 165, n. 3-4, p. 425-433, AUG 30 2013. Citações Web of Science: 19.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
NETO, Oliveiro Caetano de Freitas. Importância do flagelo para a patogenicidade de Salmonella enterica subespécie Enterica Sorovar Gallinarum biovar Gallinarum. 2012. 111 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias. Jaboticabal.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.