Busca avançada
Ano de início
Entree

A percepção dos seringueiros sobre as mudanças climáticas nas Reservas Extrativistas Alto Juruá e Chico Mendes, Acre

Processo: 07/59254-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2008
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia - Antropologia Rural
Pesquisador responsável:Mauro William Barbosa de Almeida
Beneficiário:Érika Mesquita
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Amazônia   Acre   Reservas florestais   Mudança climática   Seringueiros   Percepção ambiental

Resumo

Esta pesquisa pretende fazer um estudo das percepções dos seringueiros moradores da floresta amazônica sobre os fenômenos climáticos presentes, levando em consideração também a memória dos eventos passados para melhor analisar a relevância das transformações presentes. Buscaremos assim analisar como esses seringueiros vêem sentindo localmente as mudanças climáticas e ambientais, fenômenos que vem ocorrendo de forma globalizada. Faremos nosso estudo de caso nas Reservas Extrativistas Chico Mendes e Alto Juruá, duas unidades de conservação de uso direto. Estas duas regiões se distinguem entre si pelo fato de se situarem em espaços diferenciados: a Reserva Alto Juruá, localizada no vale do Alto Juruá, em região menos urbanizada e sem estradas, e a Reserva Chico Mendes, localizada entre os rios Acre e laço, numa região mais urbanizada. Elas têm em comum o fato de serem regiões de floresta tropical habitadas por antigos seringueiros e convertidas em unidades de conservação de uso direto. A pesquisa se utilizará dos métodos etnográficos e da observação participante, de modo a compreender a percepção dos fenômenos climáticos no âmbito de suas vidas diárias. Pretendemos também documentar a memória da natureza entre os moradores da floresta. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MESQUITA, Érika. Ver de perto pra contar de certo : as mudanças climáticas sob os olhares dos moradores da floresta do Alto do Juruá. 2012. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Filosofia e Ciências Humanas.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.