Busca avançada
Ano de início
Entree

Justiça eclesiástica e inquisição na América Portuguesa (1707-1808)

Processo: 07/59427-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2008
Vigência (Término): 31 de março de 2012
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História do Brasil
Pesquisador responsável:Laura de Mello e Souza
Beneficiário:Aldair Carlos Rodrigues
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/10367-0 - Dimensões do Império Português: investigação sobre as estruturas e dinâmicas do Antigo Sistema Colonial, AP.TEM
Assunto(s):América Portuguesa   Igreja católica   Inquisição   Justiça

Resumo

O projeto de doutorado que ora apresentamos pretende investigar a complexa relação estabelecida entre a Inquisição portuguesa e a justiça eclesiástica (em suas várias instâncias) na América portuguesa durante o século XVIII. Nossa análise ocorrerá em torno de dois eixos principais: o dos agentes, responsáveis pela articulação entre as duas esferas, e o dos mecanismos - visitas episcopais, vigarias da vara e vigaria-geral -, enfocando o papel exercido por cada uma das instâncias da justiça eclesiástica na relação que esta estabeleceu com a Inquisição. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Como a Inquisição atuava no Brasil 

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ALDAIR CARLOS RODRIGUES. Poder eclesiástico e inquisição no século XVIII luso-brasileiro: agentes, carreiras e mecanismos de promoção social. 2012. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.