Busca avançada
Ano de início
Entree

As representações da morte e do morrer na obra de Caio Fernando Abreu

Processo: 07/57273-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2008
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2010
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Literatura Brasileira
Pesquisador responsável:Arnaldo Franco Junior
Beneficiário:André Luiz Gomes de Jesus
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Contemporaneidade   Erotismo   Morte

Resumo

Este projeto tem como objetivo analisar as representações da morte e do morrer na obra do escritor brasileiro Caio Fernando Abreu (1943-1996). Estudaremos contos e romances do autor de modo a investigar como, em tais textos, a morte e o morrer são representados, que funções cumprem nos textos e que valores afirmam. A morte é um tema recorrente na contística do autor, tema que também se manifesta nos seus dois romances. A morte e o morrer dizem respeito às crises e aos conflitos subjetivos e identitários das personagens de Caio Fernando Abreu, geralmente solitários, marcados pelo desencontro na relação eu x outro e, também, pela a desilusão e/ou degradação de seus sonhos, projetos de vida e utopias. A morte e o morrer tornam-se, em determinados textos, um fato político, pois denunciam a violência, a intolerância, o autoritarismo presentes na sociedade brasileira - daí a sua importância como objeto de estudo na obra do autor. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
JESUS, André Luiz Gomes de. As representações da morte e do morrer na obra de Caio Fernando Abreu. 2010. 185 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista. Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas. São José do Rio Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.