Busca avançada
Ano de início
Entree

Estoque de madeira morta ao longo de um gradiente altitudinal de mata atlantica no nordeste do estado de sao paulo.

Processo: 07/57284-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2008
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Carlos Alfredo Joly
Beneficiário:Larissa Giorgeti Veiga
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:03/12595-7 - Composição florística, estrutura e funcionamento da Floresta Ombrófila Densa dos Núcleos Picinguaba e Santa Virgínia do Parque Estadual da Serra do Mar, estado de São Paulo, Brasil, AP.BTA.TEM
Assunto(s):Floresta ombrófila densa   Mata Atlântica

Resumo

As florestas tropicais são reconhecidamente biomas importantes pelo papel que exercem no ciclo de carbono, pois são, naturalmente, grandes reservatórios de matéria orgânica devido à sua extensão e produtividade. Por modularem as trocas entre a atmosfera e os sistemas terrestres podem atuar como grandes sumidouros ou emissoras de CO2. Por isso estudos sobre a estrutura e funcionamento das florestas tropicais, definindo sua participação no ciclo global de carbono da atualidade, são importantes. A morte e a subseqüente decomposição de árvores é um componente importante no ciclo de carbono de um ecossistema florestal. Dessa forma, nos estudos de dinâmica do carbono, é de fundamental importância determinar a taxa de produção e decomposição da madeira morta, assim como seu estoque. O objetivo deste trabalho é quantificar a contribuição da dinâmica de taxa de produção e decomposição da necromassa para o balanço global de carbono ao longo de um gradiente altitudinal (50-100m, 100-500m e 500-1200m) da Mata Atlântica nos Núcleos Picinguaba e Santa Virgínia do Parque Estadual da Serra do Mar (23º17'-23º34'S, 45º02'-45º11’W). Neste sentido, em cada parcela de 1 ha implantada pelo Projeto Temático Composição floristica, estrutura e funcionamento da Floresta Ombrófila Densa dos Núcleos Picinguaba e Santa Virgínia do Parque Estadual da Serra do Mar, serão instalados três transectos de 100 x 2 m, dentro dos quais todos os galhos de diâmetro maior que 10 cm serão medidos e classificados conforme grau de decomposição. Os galhos menores que 10 cm de diâmetro serão amostrados e medidos em um segmento de 10 m, sorteado ao longo de cada transecto. As árvores mortas em pé com DAP 34,8cm (valor de inclusão das árvores adotado pelo temático Biota Gradiente) serão amostradas nos transectos e classificadas de acordo com seu grau de decomposição. A densidade da madeira será determinada através da extração de "plugs" dos galhos caídos maiores que 10 cm de diâmetro. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
VEIGA, Larissa Giorgeti. Estoque de madeira morta ao longo de um gradiente altitudinal de Mata Atlântica no nordeste do estado de São Paulo. 2010. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Biologia Campinas, SP.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.