Busca avançada
Ano de início
Entree

Potenciais evocados auditivos de tronco encefalico e emissoes otoacusticas evocadas transientes: achados audiologicos em pacientes com doenca renal cronica.

Processo: 07/57519-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2008
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Jair Cortez Montovani
Beneficiário:Priscila Suman
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Emissões otoacústicas   Insuficiência renal crônica   Perda auditiva   Avaliação audiológica

Resumo

A deficiência auditiva (DA) em portadores de insuficiência renal crônica (IRC) pode ser explicada pelas similaridades entre o néfron e a estria vascular da cóclea. Estudos têm se preocupado em mensurar índices de prevalência da DA, tipo, grau, perfil audiométrico e os efeitos da IRC e/ou da diálise e/ou do transplante renal na acuidade auditiva. Todavia, a situação do conhecimento é duvidosa, já que o ponto de concordância dos estudos restringe-se à alta prevalência de DA do tipo neurossensorial em relação à população em geral. Objetivos: estudar o efeito da IRC sobre o sistema auditivo, levando-se em conta a influência de variáveis como: tempo de evolução da doença, tipo e tempo de tratamento dialítico e idade em pacientes sob tratamento na Unidade de Diálise do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (UD-HC-FMB) e verificar possíveis associações entre os limiares auditivos com alguns constituintes bioquímicos extracelulares e intracelulares do fluido do sangue. Todos os sujeitos com IRC atendidos na UD-HC-FMB (n=210) que se enquadrarem no perfil do estudo serão convidados a participar. Exames laboratoriais serão realizados no mesmo dia da avaliação audiológica. Os sujeitos serão divididos de acordo com o tipo de tratamento e subdivididos de acordo com a idade. Variáveis como histórico de hipertensão, diabetes melittus e ingestão de fármacos otototóxicos serão levadas em consideração para a análise dos dados. Análise estatística e a escolha pelos testes de comparação entre os grupos serão executadas respeitando os pressupostos determinados pelos resultados, características e comportamento das variáveis de estudo. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SUMAN, Priscila. Potenciais evocados auditivos de tronco encefálico e emissões otoacústicas evocadas transientes: achados em pacientes com doença renal crônica. 2009. 53 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Faculdade de Medicina Botucatu.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.