Busca avançada
Ano de início
Entree

Purificação e caracterização de proteína(s) envolvida(s) na adesão de Escherichia coli enteropatogênica atípica do sorotipo O26:H11

Processo: 06/58303-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2008
Vigência (Término): 30 de junho de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Biologia e Fisiologia dos Microorganismos
Pesquisador responsável:Roxane Maria Fontes Piazza
Beneficiário:Sarita Schneider Rossato
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/12136-5 - Escherichia coli enteropatogênica atípica (EPEC atípica), AP.TEM
Assunto(s):Etiologia   Diarreia   Modelos animais   Células epiteliais   Toxinas

Resumo

As Escherichia coli enteropatogênicas (EPEC) típicas são definidas como amostras que possuem o plasmídeo EPEC adherence factor (EAF), não expressam a toxina de Shiga (Stx), e são capazes de formar uma lesão histopatológica típica no epitélio do intestino, denominada de lesão attaching and effacing (A/E), enquanto as EPEC atípicas também produzem a lesão A/E, mas não são portadoras do plasmídeo EAF. As EPEC atípicas se tornaram o agente bacteriano mais comum em nosso meio, tendo substituído com freqüência vários patógenos causadores de diarréia, principalmente em crianças. Na patogênese da diarréia causada pelas E. coli estão envolvidos vários fatores de virulência, sendo as toxinas bacterianas consideradas fatores primários de virulência em alguns destes microrganismos. No entanto, não foi descrito nenhum fator de virulência exclusivo das EPEC atípicas, sendo poucas as descrições de toxinas encontradas nos sorotipos que compõem este patotipo e ainda não se investigou se as EPEC atípicas produzem certas toxinas bastante freqüentes em EAEC, é possível que estes microrganismos expressem perfis de virulência que sejam específicos e secretem moléculas bacterianas que tenham alvo no ciclo celular da célula hospedeira. Assim, este trabalho, tendo como objetivo analisar a expressão de toxina(s) em isolados de EPEC atípicas pertencentes a diferentes sorotipos representativos deste patotipo e o envolvimento desta(s) na patogênese da diarréia causada por este patógeno justificam a sua realização. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MORAES, CLAUDIA T. P.; POLATTO, JULIANA M.; ROSSATO, SARITA S.; IZQUIERDO, MARIANA; MUNHOZ, DANIELLE D.; MARTINS, FERNANDO H.; PIMENTA, DANIEL C.; FARFAN, MAURICIO J.; ELIAS, WALDIR P.; BARBOSA, ANGELA S.; PIAZZA, ROXANE M. F. Flagellin and GroEL mediates in vitro binding of an atypical enteropathogenic Escherichia coli to cellular fibronectin. BMC Microbiology, v. 15, DEC 18 2015. Citações Web of Science: 6.
MAGALHAES, CAROLINE A.; ROSSATO, SARITA S.; BARBOSA, ANGELA S.; DOS SANTOS, THIAGO O.; ELIAS, WALDIR P.; SIRCILI, MARCELO P.; PIAZZA, ROXANE M. F. The ability of haemolysins expressed by atypical enteropathogenic Escherichia coli to bind to extracellular matrix components. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz, v. 106, n. 2, p. 146-152, MAR 2011. Citações Web of Science: 7.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.