Busca avançada
Ano de início
Entree

Velhas drogas, novas terapêuticas: investigação do uso de antagonistas de adrenoceptores alfa-1 e de antagonistas de canais de cálcio no retardo da ejaculação

Processo: 08/52587-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2008
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Bioquímica e Molecular
Pesquisador responsável:André Sampaio Pupo
Beneficiário:Luiz Ricardo de Almeida Kiguti
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Ejaculação

Resumo

A ejaculação precoce é a disfunção sexual masculina com maiores taxas de incidência e prevalência. De etiologia complexa, as principais abordagens farmacológicas desta condição têm sido a utilização de anestésicos locais, antidepressivos tricíclicos e mais eficazmente a administração de inibidores seletivos da receptação de serptonina. O reflexo ejaculatório é um processo altamente organizado, envolvendo a interação de áreas centrais cerebrais e medulares, centros autonômicos simpáticos e parassimpáticos além de reflexos somáticos. O sistema nervoso simpático, através da ativação de adrenoceptores alfa1 (alfa1-ARs), particularmente o subtipo alfa1A, desempenha papel fundamental na fase de emissão do reflexo ejaculatório através da modulação da contratilidade de órgãos como o dueto deferente, vesícula seminal e próstata. Os antagonistas de alfa1-ARs e os bloqueadores de canais de cálcio são drogas clássicas utilizadas no controle da hipertensão arterial e, no caso dos antagonistas de alfa1-ARs, no alívio da obstrução da uretra proximal em casos de hipertrofia prostática benigna. Devido à importância dos alfa1-ARs e canais de cálcio dependentes de voltagem no reflexo ejaculatório, este trabalho pretende avaliar a eficácia do antagonista de alfa1-ARs Tamsulosin e das dihidropiridinas Nifedipina e (+)-Niguldipina no retardo da ejaculação em ratos e o impacto desta abordagem em parâmetros cardiovasculares. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
KIGUTI, Luiz Ricardo de Almeida. Velhas drogas, novas terapêuticas : investigação da utilização de antagonistas de adrenoceptores α1 e de bloqueadores de canais de cálcio no retardo da ejaculação. 2010. 75 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Botucatu). Botucatu.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.