Busca avançada
Ano de início
Entree

Isolamento e caracterização estrutural e funcional de uma nova a-neurotoxina da peçonha do escorpião Tityus serrulatus

Processo: 08/50316-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de maio de 2008
Vigência (Término): 31 de julho de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Análise Toxicológica
Pesquisador responsável:Eliane Candiani Arantes Braga
Beneficiário:Camila Takeno Cologna
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:05/54855-0 - Toxinas animais: estrutura, função e aplicações biotecnológicas, AP.TEM
Assunto(s):Neurotoxinas   Neurotransmissores   Tityus

Resumo

Os escorpiões são artrópodes pertencentes a classe Arachinida e ordem Scorpionida. A família Buthidae desperta maior interesse, já que a ela pertence a maioria das espécies que podem causar mortes em humanos. A espécie Tityus serrulatus é um exemplar desta família, e figura em primeiro lugar na lista de acidentes escorpiônicos no Brasil, sendo responsável pela maioria dos acidentes fatais. As toxinas animais são moléculas aplicáveis na geração de agentes terapêuticos e/ou de ferramentas experimentais para a pesquisa básica e aplicada, justificando seu estudo estrutural e funcional. O estudo de peçonhas de escorpiões tem se intensificado, por ser consideradas uma boa fonte de neurotoxinas que atuam sobre canais iônicos, podendo ser usadas como ferramentas no isolamento dos mesmos, no estudo de sua distribuição em diferentes tecidos e no entendimento de doenças mediadas por fenômenos neuroexcitáveis. Estudos preliminares identificaram na fração X da cromatografia em CM-celulose-52 da peçonha do escorpião brasileiro Tityus serrulatus uma nova toxina com ação sobre canais para sódio sensíveis a voltagem, que apresenta efeitos semelhantes aos de a-neuroxinas. O presente trabalho tem como objetivo isolar esta nova a-neurotoxina presente na fração X e caracterizá-la estruturalmente (peso molecular, ponto isoelétrico e sequência em aminoácidos) e funcionalmente por meio de ensaios de eletrofisiológica, utilizando células que expressam canais para sódio sensíveis a voltagem, utilizando a técnica de patch clamp. Será também investigado o efeito desta toxina na captação de neurotransmissores em sinaptosomas corticais de células de mamíferos. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
COLOGNA, Camila Takeno. Isolamento e caracterização estrutural e funcional da Ts15, uma nova neurotoxina da peçonha do escorpião Tityus serrulatus. 2010. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.