Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da extração de compostos bioativos com propriedades antioxidantes e corantes de urucum, mangostao e piquia

Processo: 08/50401-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2008
Vigência (Término): 30 de setembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos
Pesquisador responsável:Adriana Zerlotti Mercadante
Beneficiário:Renan Campos Chisté
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia de Alimentos (FEA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:05/59552-6 - Avaliação integrada da estabilidade e propriedades funcionais de pigmentos naturais de alimentos, AP.TEM
Assunto(s):Compostos fenólicos   Carotenoides   Antioxidantes

Resumo

Os carotenóides e antocianinas não são apenas pigmentos naturais, pois possuem propriedades muito especiais e notáveis, e que formam a base de diversas funções e ações em organismos vivos. Ao contrário de corantes obtidos por síntese química, que são praticamente puros, extratos naturais podem apresentar, dependendo do tipo de extração e solventes empregados, outros compostos com ações benéficas a saúde humana, tais como os compostos fenólicos (flavonóides, ácidos fenólicos e xantonas). Os mecanismos de ação destes compostos ainda não foram totalmente elucidados, mas de maneira geral, a redução do risco de algumas doenças crônico-degenerativas envolve a redução ou inibição de reações de oxidação, através do seqüestro de radicais livres e de oxigênio singlete. Dessa forma, os objetivos do presente estudo são: obter extratos de sementes de urucum, casca de mangostão e polpa de piquiá utilizando solventes de diferentes polaridades, identificar e quantificar os carotenóides e compostos fenólicos (antocianinas, flavonóides, xantonas e ácidos fenólicos) nestes extratos, determinar a capacidade anti-radical livre (ABTS) e desativadora de oxigênio singlete nestes extratos, determinar os parâmetros de cor nos extratos, caracterizar o potencial corante e funcional dos diferentes extratos correlacionando com os resultados de composição por Análise Estatística Multivariada, otimizar a extração de compostos bioativos utilizando Superfície de Resposta e avaliar o efeito do tempo na melhor condição de extração determinada anteriormente, estudando-se a cinética. Para atingir tais objetivos, os carotenóides e compostos fenólicos serão separados, quantificados e caracterizados por cromatografia líquida de alta eficiência conectada aos detectores de arranjo de diodos e de massas (HPLC-PDA-MS/MS). O enfoque do presente projeto proporciona importante alternativa, viável tecnológica e economicamente, de agregação de valor aos corantes naturais, com potencialidade de aplicação em indústrias alimentícias, farmacêuticas e cosméticas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CHISTE, RENAN CAMPOS; BENASSI, MARTA DE TOLEDO; MERCADANTE, ADRIANA ZERLOTTI. Efficiency of Different Solvents on the Extraction of Bioactive Compounds from the Amazonian Fruit Caryocar villosum and the Effect on its Antioxidant and Colour Properties. Phytochemical Analysis, v. 25, n. 4, SI, p. 364-372, JUL-AUG 2014. Citações Web of Science: 7.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CHISTÉ, Renan Campos. Avaliação da extração de compostos bioativos com propriedades antioxidantes e corantes presentes em urucum e piquiá. 2011. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Faculdade de Engenharia de Alimentos.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.