Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito de dessincronização do ritmo vigília-sono em trabalhadores noturnos sobre componentes da síndrome metabólica, marcadores inflamatórios, adipocitocinas e hormônios envolvidos no controle..

Processo: 08/50519-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2008
Vigência (Término): 30 de junho de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Bruno Geloneze Neto
Beneficiário:Daniela Schiavo Cardozo
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Trabalho noturno   Resistência à insulina   Inflamação   Síndrome metabólica

Resumo

O projeto trata do impacto do trabalho noturno sob os componentes da síndrome metabólica e adipocitocinas em funcionários do Hospital das Clínicas da UNICAMP. Devido ao aumento considerável de trabalhadores noturnos é importante o estudo dos efeitos deste na saúde do trabalhador. Estudos atuais demonstram que trabalhos em turno e noturno favorecem problemas e transtornos digestivos, pois estes trabalhadores apresentam algumas diferenças no hábito alimentar, tanto no valor calórico total, como no horário e número de refeições. Existem também riscos cardiovasculares devido a altos níveis de triglicérides e colesterol séricos, além de obesidade abdominal, e outros marcadores bioquímicos da síndrome metabólica. Estes fenômenos estão relacionados a um ganho de peso corporal atribuível a diferenças no padrão de fome e saciedade. Trabalhadores do turno noturno podem apresentar perturbação no seu ritmo biológico endógeno em função do conflito temporal entre relógio biológico e esquema social imposto externamente. Esta dessincronização pode produzir transtornos severos e persistentes do próprio sono. O objetivo deste trabalho é comparar uma população trabalhadora de turno noturno com uma população de trabalhadores de turno diurno em relação aos marcadores da síndrome metabólica caracterizando as diferentes respostas das orexinas, anorexinas endógenas a um teste de refeição padrão em pacientes trabalhadores de turno noturno e diurno, caracterizar a ação da insulina exógena ao teste de tolerância à insulina nestes voluntários, avaliar o cortisol, a qualidade de sono e o estado inflamatório sub-clínico. Serão selecionados 12 trabalhadores de turno noturno e 12 do diurno do HC-UNICAMP, com IMC entre 25 e 35. Os quais serão submetidos ao teste de refeição padrão, ao teste de tolerância à insulina, teste de bioimpedância e avaliação do cortisol e da qualidade de sono. Assim a importância deste estudo no auxílio quanto à organização do serviço, e a preocupação com a saúde do trabalhador, com referência a alimentação, e medidas preventivas relacionadas ao risco metabólico e cardiovascular. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CARDOZO, Daniela Schiavo. Efeito do trabalho noturno no controle hormonal da fome e saciedade = : Effect of night work on the hormonal control of hunger and satiety. 2012. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Faculdade de Ciências Médicas.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.