Busca avançada
Ano de início
Entree

Sedimentologia e dinâmica progradacional das planícies de cordões litorâneos de Campos Verdes e Ji (Laguna, SC)

Processo: 08/50767-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2008
Vigência (Término): 11 de julho de 2010
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Paulo César Fonseca Giannini
Beneficiário:Ana Paula Burgoa Tanaka
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IGC). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/11038-0 - Sambaquis e paisagem: modelando a inter-relação entre processos formativos culturais e naturais no litoral sul de Santa Catarina, AP.TEM
Assunto(s):Sedimentologia

Resumo

Campos Verdes e Ji são as principais planícies com expressão de feixes de cordões litorâneos no trecho da costa sul catarinense entre Jaguaruna e Imbituba. Elas teriam sido formadas sob condições distintas quanto ao contexto hidrodinâmico: em área protegida de retrobarreira e em tômbolo de mar aberto, respectivamente. Em ambas as planícies, os cordões litorâneos alternam-se com campos de dunas livres em disposição espacial sugestiva da intercalação no tempo entre pulsos de evolução progradacional e episódios de deposição eólica. O estudo detalhado desta alternância pode ser considerado chave para a compreensão das relações entre migração da linha de costa e iniciação e crescimento de dunas eólicas. As semelhanças e diferenças entre as duas áreas tornam propicia a comparação entre elas, do ponto de vista da evolução sedimentar, tema central desta pesquisa de Mestrado. Para isso, propõe-se, dentre os objetivos do projeto: caracterizar as planícies do ponto de vista geomorfológico, através de sensoriamento remoto e de levantamentos topográficos de campo; mapear, desse modo, o registro de fases de progradação; levantar perfis de amostragem transversais e longitudinais aos alinhamentos de cordões, de modo a detectar padrões de variação de atributos sedimentológicos (texturais e mineralógicos) no decorrer do processo progradacional; situar a evolução das planícies no tempo, a partir de datações por luminescência opticamente estimulada (LOE); de posse das idades LOE, calcular a variação da taxa de progradação e utilizar este resultado para fazer a simulação estocástica computacional da evolução sedimentar; avaliar assim a influência dos fatores controladores da estocagem sedimentar no sistema praia-duna e da dinâmica da linha de costa. As metas da pesquisa são deduzir padrões de variação de granulometria e minerais pesados em planícies de cordões de modo geral, contribuir para a compreensão dos processos formadores e remodeladores de alinhamentos de cordões e subsidiar modelos com capacidade de previsão sobre os fatores controladores de preenchimento de bacias costeiras. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.