Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de sistemas de tratamento biológico de resíduos da agroindústria - estudo de caso: laticínios

Processo: 08/51346-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência (Início): 01 de junho de 2008
Vigência (Término): 01 de junho de 2009
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Tratamentos de Águas de Abastecimento e Residuárias
Pesquisador responsável:Rogers Ribeiro
Beneficiário:Rogers Ribeiro
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:07/54589-4 - Desenvolvimento de sistemas de tratamento biológico de resíduos da agroindústria - estudo de caso: laticínios, AP.JP
Assunto(s):Tratamento de águas residuárias   Tratamento anaeróbio   Desnitrificação   Nitrificação   Resíduos agroindustriais

Resumo

Com o intuito de aperfeiçoar os processos biológicos de tratamento de resíduos de agroindústrias, pretende-se desenvolver sistemas de tratamento biológicos de efluentes tendo como estudo de caso as águas residuárias geradas pelas instalações do laticínio da Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos - FZEA - USP. Para tanto, serão empregados reatores biológicos em escala piloto visando à remoção de matéria orgânica e nitrogênio total, com regime de operação contínuo e em batelada. O sistema com regime de operação em batelada será composto de dois reatores, o primeiro, anaeróbio, destinado à remoção de matéria orgânica carbonácea e conversão do nitrogênio orgânico em amoniacal, e o segundo, aeróbio com aeração intermitente, destinado à remoção da matéria orgânica carbonácea residual e do nitrogênio total. O controle da aeração será baseado nas leituras dos valores de pH, potencial redox e oxigênio dissolvido, valores estes que permitiram estabelecer as estratégias de acionamento dos dispositivos de aeração. O sistema de tratamento com regime de operação em contínuo será composto de reator combinado anaeróbio-aeróbio constituído de reator UASB, seguido de filtro anaeróbio e filtro aeróbio submerso, todos acoplados em uma única unidade de tratamento. Esta proposta apresenta e justifica a utilização dos sistemas em escala pilotopara o tratamento de efluentes agroindustriais, baseando-se, principalmente, na remoção simultânea de matéria orgânica carbonácea e nitrogênio total. (AU)