Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da evolução das quasiespecies da região NS5A de HCV genótipo 3ª

Processo: 08/51165-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2008
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Paula Rahal
Beneficiário:Cintia Bittar Oliva
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Vírus da hepatite C

Resumo

A Hepatite C é um problema de saúde mundial. Os indivíduos que apresentam infecção crônica podem desenvolver cirrose hepática e em alguns casos carcinoma hepatocelular. O vírus da hepatite C (HCV) é um vírus de RNA fita simples, com polaridade positiva, pertencente à família Fiavivirídae. O genoma do HCV codifica uma grande poliproteína precursora, sendo está clivada pelas proteinases virais e do hospedeiro para gerar pelo menos 10 proteínas. O genótipo 3 é o segundo mais incidente no Brasil. O tratamento adotado, a combinação de interferon-alfa, apresenta respostas limitadas e com variação significativa dependendo do genótipo. As altas taxas de mutações em vírus de RNA produzem variantes virais chamadas de "quasiespécies", que conferem potencial adaptativo ao vírus, podendo influenciar na resposta ao tratamento. A proteína NS5a é uma fosfoproteína que tem atraído atenção considerável por seu potencial papel de modulação da resposta ao interferon (IFN) e em outros processos da célula do hospedeiro. Estudos sobre a variabilidade genética de algumas de suas regiões têm demonstrado relação com a resposta do paciente ao tratamento. Entretanto estudos que enfoquem a variabilidade da região NS5A completa e sua evolução ao longo do tratamento são desconhecidos. Este estudo visa estudar a evolução das quasiespécies da região NS5A de HCV genótipo 3 em amostras de pacientes Não-respondedores e Respondedores ao Final do Tratamento com IFN e Ribavirina, durante e após o tratamento. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DA SILVA, RAFAEL ALVES; VICENTE GUEDES DE CARVALHO, ISABEL MARIA; ADUM DE MATOS, RENATA PRANDINI; TOMONARI YAMASAKI, LILIAN HIROMI; BITTAR, CINTIA; RAHAL, PAULA; GOMES JARDIM, ANA CAROLINA. Evidence of bottleneck effect on hepatitis C virus transmission between a couple under interferon based therapy. INFECTION GENETICS AND EVOLUTION, v. 47, p. 87-93, JAN 2017. Citações Web of Science: 1.
BITTAR, CINTIA; GOMES JARDIM, ANA CAROLINA; TOMONARI YAMASAKI, LILIAN HIROMI; APARECIDA CARARETO, CLAUDIA MARCIA; REBELLO PINHO, JOAO RENATO; LEMEY, PHILIPPE; VICENTE GUEDES DE CARVALHO-MELLO, ISABEL MARIA; RAHAL, PAULA. On Hepatitis C Virus Evolution: The Interaction between Virus and Host towards Treatment Outcome. PLoS One, v. 8, n. 4 APR 25 2013. Citações Web of Science: 8.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
OLIVA, Cintia Bittar. Evolução das quasiespécies da proteína NS5A do vírus da hepatite C genótipo 3a. 2012. 65 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista. Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas. São José do Rio Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.