Busca avançada
Ano de início
Entree

Processos de socialização em jornalismo: adestrando "focas" ou treinando trainees

Processo: 08/51982-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2008
Vigência (Término): 31 de julho de 2010
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia
Pesquisador responsável:Heloisa Buarque de Almeida
Beneficiário:Rodrigo Gomes Lobo
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):Jornalismo   Formação profissional   Meios de comunicação

Resumo

O presente projeto visa realizar uma análise comparativa por meio de etnografia e entrevistas entre dois cursos de jornalismo oferecidos por grupos empresariais da mídia impressa paulista: o Curso Estado de Jornalismo Aplicado (Grupo Estado) e o Programa de Treinamento da Folha (Grupo Folha), enfocando as diferenciações entre esses processos de formação de um habitus jornalístico. Pretende-se, através das distinções entre essas duas experiências de ensino, revelar lógicas simbólicas e sociais que engendram matrizes de percepção, ação e apreciação da realidade de acordo com os interesses políticos e mercadológicos dessas empresas. Há uma nítida influência dos diferentes cursos, no sentido de percurso efetuado pelo aluno ao longo de sua carreira escolar (BOURDIEU, 1998), sobre a formação de um habitus jornalístico, gerando conseqüências sociais e políticas decorrentes desse processo. Isso implica considerar diversos fatores que compõem o capital (econômico, social, cultural, inclusive ressaltando o valor social do diploma) disponível de uma pessoa encarada como profissional. (AU)