Busca avançada
Ano de início
Entree

Analise sobre a microbiota de anfibios em fragmentos de floresta atlantica e sua eficacia contra agentes patogenicos.

Processo: 08/51793-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2008
Vigência (Término): 31 de julho de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Carlos Arturo Navas Iannini
Beneficiário:Ananda Brito de Assis
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Anura   Fragmentação

Resumo

As modificações ambientais têm total relação com o declínio e desaparecimento de populações de anfíbios, como também com o surgimento de diversos casos de epidemias na vida selvagem. Provavelmente, o aparecimento das doenças deve estar relacionado às alterações no meio ambiente. A pele dos anfíbios, assim como de outros animais, atua como primeira proteção contra agentes patogênicos. A comunidade microbiológica ali residente é composta de algumas espécies de bactérias, e estas, possuem ação antifúngica contra patógenos conhecidos, inclusive Batrachochytrium dendrobatidis, o agente putativo de declínios de populações de anfíbios em diversas partes do mundo. Uma vez que as variáveis químicas e físicas de um ecossistema influenciam o crescimento, sobrevivência e atividade metabólica dos microorganismos, a microbiota cutânea que atua como barreira de proteção nos anfíbios contra agente infecciosos, provavelmente é afetada quando determinados parâmetros ecofisiológicos são alterados em ambientes florestais fragmentados. O conhecimento atual sobre a composição microbiana da epiderme, sua ação contra patógenos e suas relações com o ambiente onde vivem os anfíbios, é bastante limitado. É importante entendermos de que forma as condições ambientais influenciam a microbiota cutânea e, portanto, a vulnerabilidade das populações de anfíbios aos agentes patogênicos. Nesta pesquisa, faremos uma caracterização, bem como comparações, das comunidades microbianas da pele de populações de anfíbios anuros presentes tanto em paisagens com graus de impacto ambiental, quanto daquelas restritas às áreas de florestas. Levaremos em consideração alguns parâmetros ecofisiológicos dos microhabitats para nossas análises, bem como realizaremos ensaios de inibição de crescimento para testar a eficácia dessa microbiota contra agentes patogênicos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE ASSIS, ANANDA BRITO; BARRETO, CRISTINE CHAVES; NAVAS, CARLOS ARTURO. Skin microbiota in frogs from the Brazilian Atlantic Forest: Species, forest type, and potential against pathogens. PLoS One, v. 12, n. 7 JUL 5 2017. Citações Web of Science: 7.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ASSIS, Ananda Brito de. Análise sobre a microbiota cutânea de anfíbios em fragmentos de floresta atlântica e sua eficácia contra agentes patogênicos. 2011. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Biociências São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.