Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de um programa de formação sobre recursos de alta-tecnologia assistiva e escolarização

Processo: 08/53540-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2009
Vigência (Término): 05 de junho de 2011
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Tópicos Específicos de Educação
Pesquisador responsável:Enicéia Gonçalves Mendes
Beneficiário:Gerusa Ferreira Lourenço
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Formação e capacitação de recursos humanos   Inclusão escolar   Paralisia cerebral

Resumo

O direito a uma educação devida para alunos com paralisia cerebral requer a provisão de recursos, que permitam que o indivíduo possa desempenhar suas tarefas cotidianas de forma mais eficiente e independente. A tecnologia assistiva é um termo utilizado para denominar os equipamentos/recursos e também os serviços a eles vinculados que promovam ao indivíduo um sucesso maior na realização de atividades, melhorando suas capacidades funcionais. No caso dos alunos com paralisia cerebral, os recursos de alta tecnologia assistiva, baseados em recursos computadorizados e eletrônicos, podem ser essenciais para garantir o acesso ao currículo escolar. Entretanto, a implementação desses recursos é um processo complexo, pois envolve variáveis da pessoa, do equipamento, da tarefa a ser executada e do meio ambiente, sendo fundamental o papel de uma equipe capacitada de profissionais para o sucesso dessa implementação. O objetivo do estudo é desenvolver, executar e avaliar um programa de formação de profissionais visando à implementação de recursos de alta tecnologia assistiva para favorecer o processo de escolarização de alunos com paralisia cerebral. O delineamento prevê o desenvolvimento de um programa de formação específico, sua execução junto a uma equipe de profissionais da rede especial de ensino de um município do interior do Estado de São Paulo e a avaliação deste programa. A partir dos resultados, está prevista a sistematização de procedimentos, orientando a concepção de um modelo de formação para a área no país, na forma de material didático, que contribuirá para instrumentalizar os profissionais para a implementação bem sucedida de recursos de alta tecnologia assistiva enquanto ferramentas para o acesso, a permanência e o sucesso no processo de inclusão escolar. (AU)