Busca avançada
Ano de início
Entree

Associação da alimentação com incidência de doenças cardíacas em idosos do Município de São Paulo: Estudo SABE - Saúde, bem-estar e envelhecimento - 2000 a 2006

Processo: 08/51823-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2008
Vigência (Término): 30 de setembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Análise Nutricional de População
Pesquisador responsável:Maria de Fátima Nunes Marucci
Beneficiário:Daiana Aparecida Quintiliano Dourado
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Idosos   Padrão alimentar   Doença crônica

Resumo

O conhecimento do padrão alimentar da população é de fundamental importância quando se pretende avaliar a qualidade da alimentação bem como estabelecer associação de saúde e doença. Indivíduos idosos requerem cuidado especial neste aspecto, visto que, devido o processo de envelhecimento alterações psico-fisiológicas características ocorrem tornando-os mais susceptíveis às morbidades, incapacidades e dependências que marcam este ciclo de vida. Estudos visando promover a qualidade de vida deste grupo etário têm sido desenvolvidos, contudo de caráter longitudinal no Brasil ainda são escassos. Com o objetivo de traçar o perfil dos idosos da América Latina e Caribe o Estudo Saúde, Bem Estar e Envelhecimento - SABE foi realizado em 2000-2001. No ano de 2006-2007 o município de São Paulo, independentemente, repetiu a análise. Verificar as mudanças ocorridas na alimentação dos idosos participantes do Estudo SABE da cidade de São Paulo no período de 2000 a 2006, bem como buscar associação de alimentação com o desenvolvimento das doenças crônicas não transmissíveis, de acordo com sexo e grupo etário, constitui-se o objetivo deste estudo. Caracteriza-se como estudo de coorte, descritivo e de associação. Serão utilizados bancos de dados do Estudo SABE 2000 e 2006. A alimentação será avaliada qualitativamente por padrões alimentares pré-definidos (adequado e inadequado). As variáveis serão analisadas por meio de estatística não-paramétrica - variável explanatória (padrão alimentar) e dependente (doenças crônicas não transmissíveis), segundo sexo e grupo etário. Para associação dos resultados, serão utilizado coeficiente de correlação de Spearman, testes de Kruskal-Wallis e de Mann-Whitney. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
DOURADO, Daiana Aparecida Quintiliano. Doença cardíaca e alimentação referidas por idosos do município de São Paulo: Estudo SABE - Saúde, Bem-estar e Envelhecimento - 2000 e 2006. 2010. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Saúde Pública São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.