Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do padrão da gliose e da expressão das metalotioneínas I/II e da aquaporina-4 no hipocampo de pacientes com epilepsia do lobo temporal

Processo: 08/52657-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2008
Vigência (Término): 31 de março de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:João Pereira Leite
Beneficiário:José Eduardo Peixoto Santos
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:05/56447-7 - Pesquisa através de imagens por ressonância magnética de alto campo destinadas a estudos em humanos, AP.CINAPCE.TEM
Assunto(s):Epilepsia do lobo temporal   Esclerose hipocampal   Zinco   Glicose

Resumo

A epilepsia do lobo temporal (ELT) é caracterizada por apresentar fármaco-resistência, perda neuronal progressiva e reorganização de axônios que contêm zinco (Zn) vesicular no hipocampo. As metalotioneinas I/II (MT-I/II) são proteínas envolvidas na modulação da concentração do zinco livre, que em concentrações na faixa de micromoles induz morte celular em sistemas "in vitro". Alguns estudos sugerem que as MT-I/II fazem parte de mecanismos endógenos de neuroproteção, e sua expressão no hipocampo de pacientes com ELT pode ser associada a diferenças na resposta glial que ocorre durante o processo de epileptogênese. Em estudo anterior, encontramos severa perda neuronal em tecidos com diferentes volumes pela RNM. Esta manutenção ou leve alteração do volume hipocampal pode estar associada a alterações na expressão de proteínas envolvidas na regulação do conteúdo de água na matriz extracelular do cérebro, como a aquaporina-4 (AQP-4). Assim, o objetivo principal deste projeto é avaliar no hipocampo de pacientes submetidos ao tratamento cirúrgico de ELT resistente ao tratamento farmacológico, com e sem atrofia hipocampal, de acordo com a RNM quantitativa: 1) padrão de gliose através da imunohistoquímica para detecção de proteínas que são expressas por astrócitos (GFAP) e micróglia (OX-42), 2) expressão e co-localização das metalotioneinas I/II com os marcadores de astrócitos (GFAP) e micróglia (OX-42), 3) expressão e co-localização da aquaporina-4 e das proteínas GFAP e OX-42 e 4) perda neuronal associada. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PEIXOTO-SANTOS, JOSE EDUARDO; VELASCO, TONICARLO RODRIGUES; GALVIS-ALONSO, ORFA YINETH; ARAUJO, DAVID; KANDRATAVICIUS, LUDMYLA; ASSIRATI, JOAO ALBERTO; CARLOTTI, CARLOS GILBERTO; SCANDIUZZI, RENATA CALDO; DOS SANTOS, ANTONIO CARLOS; LEITE, JOAO PEREIRA. Temporal lobe epilepsy patients with severe hippocampal neuron loss but normal hippocampal volume: Extracellular matrix molecules are important for the maintenance of hippocampal volume. Epilepsia, v. 56, n. 10, p. 1562-1570, OCT 2015. Citações Web of Science: 14.
PEIXOTO-SANTOS, JOSE EDUARDO; GALVIS-ALONSO, ORFA YINETH; VELASCO, TONICARLO RODRIGUES; KANDRATAVICIUS, LUDMYLA; ASSIRATI, JOAO ALBERTO; CARLOTTI, CARLOS GILBERTO; SCANDIUZZI, RENATA CALDO; SERAFINI, LUCIANO NEDER; LEITE, JOAO PEREIRA. Increased Metallothionein I/II Expression in Patients with Temporal Lobe Epilepsy. PLoS One, v. 7, n. 9 SEP 18 2012. Citações Web of Science: 17.
JOSÉ EDUARDO PEIXOTO-SANTOS; ORFA YINETH GALVIS-ALONSO; TONICARLO R. VELASCO; LUDMYLA KANDRATAVICIUS; JOÃO ALBERTO ASSIRATI JR; CARLOS GILBERTO CARLOTTI; RENATA CALDO SCANDIUZZI; LUCIANO NEDER SERAFINI; JOÃO PEREIRA LEITE. Different levels of MT-I/II between patients with MTLE with or without seizure generalization: does hippocampal MT-I/II affects seizure spread, or does seizure spread promotes differential expression of MT-I/II?. Journal of Epilepsy and Clinical Neurophysiology, v. 18, n. 1, p. 16-20, Mar. 2012.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.