Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da produção de enzimas ligninoliitcas por Ceriporiopsis subvermispora

Processo: 08/52639-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2008
Vigência (Término): 30 de junho de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Walter de Carvalho
Beneficiário:Robson de Almeida Faria
Instituição-sede: Escola de Engenharia de Lorena (EEL). Universidade de São Paulo (USP). Lorena , SP, Brasil
Assunto(s):Ceriporiopsis subvermispora

Resumo

O fungo promotor de “degradação branca” Ceriporiopsis subvermispora tem sido proposto como um microrganismo adequado para uso em processos industriais de biopolpação. Esta aplicação biotecnológica está relacionada com a alta especificidade do fungo na degradação seletiva da lignina, que permite preservar as Goras cetofósicas de interesse para a produção de papel e celulose. O sistema extracelular empregado por este microrganismo para efetuar a degradação da lignina compreende compostos de baixa massa mofar e enzimas extracelulares, como lacases (Lacs) e manganês peroxidases (MnPs). Estas últimas se apresentam de forma marcante em extratos preparados a partir de cavacos biodegradados pelo fungo, exibindo valores de atividade bastante elevados. Por isso, acredita-se que sejam primordiais para a eficiência ligninoiftica exibida pelo fungo, sendo desejável a sua caracterização detalhada. Entretanto, a presença maciça de derivados da lignina em extratos preparados a partir de cavacos biodegradados por C. subvermispora impõe grandes dificuldades para a purificação e caracterização das enzimas presentes. Até mesmo para a simples identificação de bandas protéicas bem definidas em géis de eletroforese, os extratos têm que ser submetidos a procedimentos intensivos visando à remoção de interferentes e à concentração de proteínas. Para eliminar os problemas relativos à presença de compostos indesejáveis nos extratos enzimáticos, o presente projeto propõe estudar e definir as condições de cultivo que maximizam a produção de enzimas ligninolíticas por C. subvermispora em meios mais “limpos”, livres de compostos que atrapalhem a purificação e a caracterização das enzimas extracelulares produzidas pelo fungo. Para isso, pretende-se avaliar diferentes formas de cultivo (submerso ou em superfície) em meios de composição variada (definidos ou complexos, adicionados ou não de indutores da expressão de enzimas oxidativas). (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FARIA, Robson de Almeida. Estudo da produção de enzimas ligninolíticas por Ceriporiopsis subvermispora. 2010. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Escola de Engenharia de Lorena Lorena.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.