Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de microfósseis vegetais para a reconstrução de dieta sambaquieira

Processo: 08/53351-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2008
Vigência (Término): 30 de setembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biologia Geral
Pesquisador responsável:Sabine Eggers
Beneficiário:Celia Helena Cezar Boyadjian
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):Paleobotânica   Amido   Arqueologia

Resumo

Apesar dos Indivíduos construtores dos sambaquis constituírem o grupo pré-histórico brasileiro melhor estudado, várias questões continuam em aberto, algumas delas ligadas a estratégias de subsistência e, principalmente, à utilização de vegetais. Sabe-se que a economia desses indivíduos era baseada na pesca e que a coleta de moluscos teria papel complementar na alimentação. Mas, atualmente, estudos antracológicos e de cálculo dentário vêm demonstrando a grande importância da utilização de plantas pelos sambaquieiros. Há indícios de que esses indivíduos tenham utilizado vegetais em sua alimentação, podendo ter havido manejo de algumas espécies. O sambaqui Jabuticabeira II, localizado na região sul de Santa Catarina, apresenta indícios da utilização de plantas por seus construtores, como artefatos líticos específicos, sementes, coquinhos e a presença de um sedimento escuro, orgânico, compondo as camadas mais recentes do sítio, chamado de "terra preta", o qual poderia representar um vestígio do cultivo de vegetais. O presente estudo trata da análise de cálculo dentário e amostras de terra preta para recuperação de microfósseis vegetais, na tentativa de se identificar as plantas utilizadas, principalmente na dieta, no sambaqui Jabuticabeira II. Além disso, para possibilitar tal identificação, este doutoramento objetiva a elaboração de coleções de referência de micro-restos vegetais para as plantas nativas da região, já que esse material é essencial para o tipo de trabalho a ser realizado, mas, até o presente momento, não existe. (AU)