Busca avançada
Ano de início
Entree

A constituição da organização nacional no Brasil e no México: diagnóstico e tratamento para duas sociedades "enfermas"

Processo: 09/50305-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2009
Vigência (Término): 30 de abril de 2012
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História da América
Pesquisador responsável:Alberto Aggio
Beneficiário:Jorge Eschriqui Vieira Pinto
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Humanas e Sociais (FCHS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Franca. Franca , SP, Brasil
Assunto(s):Evolucionismo   Nação   Corporativismo   Organização nacional

Resumo

Alberto Torres e Andrés Molina Enríquez foram dois intelectuais que elaboraram ensaios de caráter sociológico que constituíram, nas duas primeiras décadas do século XX, diagnósticos dos problemas que afligiam as sociedades brasileira e mexicana, como as profundas desigualdades sociais, a ausência de integração entre as diferentes regiões de todos os pais, as ameaças à soberania nacional, a inexistência de uma consciência nacional, a desvalorização da cultura nacional, dentre outros. Ambos são autores que iniciaram no Brasil e no México movimentos de análises critica a República Velha e ao Porfiriato junto à intelectualidade a partir do estudo da realidade social de seus países como elemento fundamental de apoio na elaboração de uma política nacional que visasse buscar alternativas de tratamento para a "cura" dos problemas e, conseqüentemente, o despertar de um espírito nacional forte. Influenciados por Hebert Spencer, esses autores pensaram a nação como organismo cujo desenvolvimento dependia da ação integrada dos "órgãos" (ou setores sociais) sob a coordenação do Estado - entendido por ambos como "cérebro" do organismo social. O propósito desta pesquisa é analisar a existência de uma corrente de pensamento no Brasil e no México do início do século XX a partir do entendimento e da reflexão das idéias de Alberto Torres e Andrés Molina Enríquez, que contestavam a ordem estabelecida e buscavam uma alternativa por meio de um projeto nacional que contivesse medidas compatíveis com a realidade e capazes de transformá-la. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
PINTO, Jorge Eschriqui Vieira. O pensamento de Alberto Torres e Andrés Molina Enriquez e a constituição da organização nacional no Brasil e no México : diagnósticos e tratamentos para duas sociedades enfermas. 2012. 579 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Ciências Humanas e Sociais..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.